últimas notícias

Plano organiza mas recebe críticas

Em 1º de junho do ano passado, o governador João Doria anunciou o Plano São Paulo, dividindo o Estado em 17 departamentos de saúde postos em categorias segundo uma escala de cinco níveis de abertura econômica: vermelho, laranja, amarelo, verde e azul. Com a piora dos índices de casos, mortes e internações da pandemia, em março deste ano o governo lançou a fase emergencial e, no mês seguinte, a fase de transição, a mesma que foi prorrogada nesta sexta-feira (7) por mais duas semanas. As diversas fases e cores por vezes causaram mais confusão do que entendimento nos municípios paulistas - principalmente quando cidades próximas, e com número de casos parecidos, foram colocadas em fases diferentes de reabertura.

Tops da Gazeta