últimas notícias
João Doria (ao centro), governador de São Paulo, durante ato de entrega de doses da CoronaVac
João Doria (ao centro), governador de São Paulo, durante ato de entrega de doses da CoronaVac
Foto: Divulgação/Governo de SP

Butantan entrega ao Brasil mais 2 milhões de doses da CoronaVac

Previsão é que o Butatan libere mais um milhão de doses na próxima quarta-feira

O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira mais 2 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra a Covid-19. Com este lote, o instituto totaliza 45,1 milhões de doses do imunizante desenvolvido em parceria com o laboratório chinês Sinovac entregues para o Programa Nacional de Imunizações (PNI).

A previsão é que o Butatan libere mais um milhão de doses na próxima quarta-feira (12), concluindo o primeiro contrato assinado com o Ministério da Saúde para fornecimento de 46 milhões de doses da vacina.

“Estamos entregando, neste momento, 2 milhões de novas doses da vacina do Butantan. São 2 milhões de vacinas da vida, vacinas de São Paulo, para todo o Brasil. Na próxima quarta-feira, vamos liberar mais 1 milhão de doses da vacina do Butantan e, assim, concluir o contrato inicial de 46 milhões de doses da vacina”, destacou o governador João Doria (PSDB).

A estimativa inicial era de que esse total fosse colocado à disposição até o fim de abril. No entanto, a produção da CoronaVac tem sofrido atrasos devido à demora além do previsto para envio de matérias-primas pela China.

O Butantan tem ainda um segundo contrato com o Ministério da Saúde para o fornecimento de 54 milhões de doses da vacina até 30 de agosto.

O estado de São Paulo já imunizou completamente, com as duas doses de vacina contra o coronavírus, 4,7 milhões de pessoas, mais de 10% da população.

Comentários

Tops da Gazeta