últimas notícias
Grupo Gazeta de S. Paulo divulga nova pesquisa ao Governo de São Paulo
Grupo Gazeta de S. Paulo divulga nova pesquisa ao Governo de São Paulo
Foto: Arte: Gazeta de S. Paulo

Eleições 2022: Alckmin lidera pesquisa ao Governo de SP em cenário com Boulos, Haddad e França

Números são da nova pesquisa Govnet/Opinião Pesquisa, encomendada pelo Grupo Gazeta de S.Paulo para as eleições ao Palácio dos Bandeirantes

Geraldo Alckmin (hoje no PSDB, mas que estuda uma mudança de partido) é o preferido do eleitor paulista para as eleições ao Governo de São Paulo de 2022 no cenário em que conta com Guilherme Boulos (PSOL), Fernando Haddad (PT), Márcio França (PSB) e Paulo Skaf (MDB). Os números são da nova pesquisa Govnet/Opinião Pesquisa, encomendada pelo Grupo Gazeta de S.Paulo e divulgada nesta terça-feira para as eleições ao Palácio dos Bandeirantes.

Alckmin vence os adversários em quase todos os panoramas. Na situação em que não haveria a participação de Márcio França, porém, Haddad chega numericamente à frente do tucano. Em outros dois cenários sem Alckmin o petista também lidera a corrida. Boulos está na dianteira da preferência eleitoral em uma situação: caso Alckmin e Haddad não participem da disputa.

Por outro lado, Haddad lidera a rejeição dos paulistas. Na sequência, os que sofrem maior rejeição são Alckmin, Boulos e Skaf.

Na pesquisa espontânea, em que o eleitor é questionado em quem votaria sem a revelação de qualquer nome de possíveis candidatos, o líder é o atual governador João Doria (PSDB), que, porém, não esconde o desejo de concorrer para a presidência da República em 2022.

A pesquisa Govnet/Opinião Pesquisa foi realizada em parceria com o jornal Gazeta de S. Paulo, por meio de abordagem telefônica com 820 eleitores de 168 municípios do estado de São Paulo. O período de realização da coleta de dados foi entre 21 a 26 de junho de 2021. A margem de erro para o total da amostra é de 3,4%, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Veja, abaixo, os cenários apresentados pela pesquisa.

Para conhecer os cenários de segundo turno, clique aqui.

Cenário 1

No primeiro panorama apresentado aos eleitores, Geraldo Alckmin lidera numericamente a preferência eleitoral, com 16%. Na sequência, em empate técnico com o (ainda) tucano, está Guilherme Boulos, marcando 14,1%. Depois, a pesquisa Gazeta de S. Paulo/Govnet/Opinião Pesquisa mostra Haddad (11,1%), Márcio França (10,6%), Paulo Skaf (MDB, 8,7%), Arthur do Val (Patriota, 3,5%), Rodrigo Garcia (2,7%), Elvis Cezar (2,1%) e Vinicius Poit (Novo, com 0,7%). Há 20,7% dos eleitores paulistas indecisos. Já 9,8% anunciaram que anulariam o voto.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 2

No cenário sem Márcio França, Alckmin e Boulos permaneceriam na liderança, com 18,4% e 16,1% das intenções de voto, respectivamente. Na sequência, Skaf tiraria a terceira colocação de Haddad numericamente, com 12,2% contra 12,1% do petista. Em seguida viriam Arthur do Val (4,3%), Rodrigo Garcia (2,8%), Elvis Cezar (2,1%) e Vinicius Poit (1%). Os indecisos são 19,9% e 11,2% disseram que anulariam o voto.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 3

Haddad lidera a pesquisa na situação em que França e Boulos não participam da disputa, com 20,2% da preferência dos eleitores. Na sequência, Alckmin marca 19,9%, em empate técnico com o adversário do PT. Depois do tucano os candidatos mais bem colocados são Skaf (13,7%), Arthur do Val (4,8%), Rodrigo Garcia (2,9%), Elvis Cezar (2,6%) e Vinicius Poit (1%). Os nulos são 12,7% e os indecisos nessa situação somam 22,3%).

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 4

Já sem Haddad ou qualquer outro petista na disputa, Alckmin marca 22,6% da preferência dos eleitores paulistas, enquanto Boulos vem logo na sequência, com 22,1%, em situação de empate técnico. Depois, seguem Skaf (13%), Arthur do Val (4,6%), Garcia (3,2%), Cezar (2,4%) e Vinicius Poit (1%). Os nulos somam 12,3% e os indecisos, 18,8%.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 5

Com a exclusão do nome de Alckmin e de Haddad na pesquisa, a liderança é de Guilherme Boulos, com 22% da preferência do eleitor paulista. Depois, França aparece com 14,4%, em pate técnico com Skaf, que apresenta 13,4%. Na sequência estão Arthur do Val (4,1%), Garcia (3,7%), Cezar (2,8%) e Poit (1,2%). Já quem anularia soma 16,5%, enquanto os indecisos são 22%.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 6

Sem os nomes de Alckmin e de Boulos, Haddad lidera com 22,6% da preferência dos paulistas, Márcio França, logo depois, marca 16,5%, e Skaf está com 12,6%. Bem atrás aparece Arthur do Val, com 3,9, Garcia, com 3,2%, Cezar, 2,8%, e Poit, com 1%. Nesse panorama há o maior número de indecisos: 22,9%. Os nulos representam 14,6% das respostas.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Cenário 7

Com a ausência de Alckmin, Haddad lidera a pesquisa com 15,4% da intenção de voto dos paulistas. Ele estaria em empate técnico com Boulos, com 15,2%. Na sequência vêm França (12,6%) e Skaf (11,7%), ambos também em empate técnico. Depois, estão Arthur do Val (3,7%), Garcia (2,9%), Cezar (2,3%) e Poit (1%). Os votos nulos somam 13,3%, enquanto os indecisos são 22%.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Espontânea

Na pesquisa espontânea, ou seja, a que questiona o eleitor em quem votaria para Governador de São Paulo sem apresentar opções de nomes, o atual governador João Doria (PSDB) lidera a preferência do eleitor paulista, com 7,2% das menções. Na sequência, o mais lembrado pelos eleitores consultados foram Guilherme Boulos (4%), Fernando Haddad (1,7%), Geraldo Alckmin (1,1%), Arthur do Val, Márcio França e Tarcísio de Freitas (todos com 1%). Depois, com índice inferior a 1%, foram citados Lula, Paulo Skaf, Elvis Cezar e Rodrigo Garcia, entre outros.

Macaque in the trees
Cenário para eleições ao Governo de SP - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Rejeição

A pesquisa Gazeta de S. Paulo/Govnet/Opinião Pesquisa também fez a seguinte questão aos eleitores: "Se a eleição para Governador de São Paulo fosse hoje, e esses fossem os candidatos, em qual deles você não votaria". O líder nesse quesito foi Fernando Haddad, com 42% de rejeição dos eleitores paulistas. Depois, o ex-governador Geraldo Alckmin apresentou uma rejeição de 38,9%, enquanto esse índice de Guilherme Boulos foi de 38% e de Skaf, de 37,3%. Por sua vez, o vice-governador Rodrigo Garcia apresenta rejeição de 31,2%, Arthur do Val, de 27,2%, Márcio França, 25,7% e Elvis Cezar, de 23,8%. O possível candidato com a menor rejeição entre os eleitores paulistas é Vinicius Poit, com 23%.

Macaque in the trees
Rejeição ao Governo de São Paulo - Arte: Govnet/Opinião Pesquisa

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta