últimas notícias
Parte das cidades da Baixada Santista entregou projetos de remodelação da orla na pandemia
Parte das cidades da Baixada Santista entregou projetos de remodelação da orla na pandemia
Foto: Nair Bueno/DL

Praias de SP têm novidades para o verão, como mirante e mercado

Parte das cidades da Baixada Santista e do litoral norte entregou projetos de remodelação da orla e novas atrações ao longo da pandemia

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, a expectativa no litoral paulista é de temporada com praias cheias. O visual que turistas encontrarão não será o mesmo de antes do vírus, contudo. Parte das cidades da Baixada Santista e do litoral norte entregou projetos de remodelação da orla e novas atrações ao longo da pandemia e aposta em programação diária à beira-mar.

"É um verão diferente", diz o secretário de Turismo de Bertioga, Ney Carlos da Rocha, que fala em "demanda reprimida por sair". A expectativa é de público 20% a 30% superior ao do verão 2019/20, conta que considera a alta estimada de 15% da população na cidade na pandemia, por causa do trabalho remoto.

,0

Médicos veem condições de flexibilizar diante do avanço da vacinação. Mas recomendam cautelas, como usar máscara e evitar aglomerações, diante do risco da variante Ômicron e da gripe.

Entre as novidades em Bertioga, há a remodelação da orla de duas praias: Rio da Praia e Enseada. A segunda inclui um novo complexo de esportes, como beach tênis, vôlei de praia e futevôlei. Há ainda novos quiosques. Letreiros com "Eu amo Bertioga" e similares foram colocados em três pontos, como a Avenida 19 de Maio. São ainda previstos shows, como Alok e Thiaguinho, e o Forte São João (do século 16) reabriu após restauro, com entrada grátis de terça a domingo (9h às 18h).

No Guarujá, o secretário de Turismo, Fábio Santos, fala em opções para além da faixa de areia. O principal exemplo é o Mirante das Galhetas, plataforma ao ar livre de 45 metros de altura, no Morro da Caixa D'Água, com vista para a Praia do Tombo. "Queríamos que o visitante, além da experiência contemplativa, fizesse imersão de caminhar quase sobre as nuvens", diz.

A entrada (8h às 20h) é gratuita e lá são recebidas doações de alimentos não perecíveis. A obra custou cerca de R$ 2 milhões, majoritariamente com verba federal, diz a prefeitura. Também foi inaugurado o Píer Antônio Villela, criado onde antes havia um bar, perto do Morro do Maluf.

Turistas e moradores não poupam elogios ao mirante, apesar da subida íngreme e mais sofrida sob o sol do verão, o que faz a maioria dos visitantes ir de carro, táxi e até de bicicleta, a depender do condicionamento físico. "Com o vidro ficou uma atração ímpar. É ótimo porque traz rotatividade ao local", avalia Éverton Santos, de 55 anos, que subiu pedalando diariamente nos últimos seis meses. Visitantes sugerem ampliar a estrutura lá em cima, com banheiros e bebedouros.

Guarujá ainda ganhou um ônibus turístico, com saídas às sextas e no fim de semana, a partir das 16h30. A duração é de duas horas, por R$ 25.

Pé na areia

Praia Grande aposta em mais atividades esportivas, culturais e de lazer na orla, com instalação de dez arenas (com temas distintos, de"melhor idade", geek - de videogames - a esportes radicais, com tirolesa a 100 metros, bungee jump e patinação no gelo), de quinta a domingo (9h às 22h). Há cinco espaços kids - uma das estruturas simula até um castelo de areia gigante. A entrada é grátis, com agendamento, de terça a domingo (10h às 17h45).

Uma das atrações de mais sucesso é a aula de zumba. Por lá, o verão vem embalado por passinhos do axé dos anos 1990, Tchakabum, Kid Abelha e sucessos recentes de Anitta.

"Ia ficar em casa! Só saí porque soube que teria zumba", conta a terapeuta holística Simone Perez, de 49 anos. Ela está entre os paulistanos que trocaram a capital pelo litoral na pandemia e não se arrepende. O único incômodo é com o aumento da sujeira na areia nas últimas semanas: "Precisa de mais conscientização."

Ao contrário dos vizinhos, Praia Grande terá fogos no réveillon. "Teremos milhares de turistas aproveitando o dia e, com certeza, com ou sem fogos, iriam à praia na virada", diz Maurício Petiz, secretário de Turismo e Cultura, que defende cuidados individuais, como vacina e máscara.

Mais atrações

Em Caraguatatuba, parte da programação será no Complexo Turístico do Camaroeiro. A 1ª fase das obras foi entregue, com pavimentação do acesso, 173 vagas de estacionamento, o paisagismo de 250 árvores e plantas e teatro de arena ao ar livre para 350 pessoas. Na Praça Antônio Fachini, as tradicionais barraquinhas de artesanato dão lugar a boxes fixos e há novos deques de cimento, bancos e quadra.

Em Santos, as principais novidades estão na Nova Ponta da Praia, perto do terminal de balsas. Lá foi aberto o novo Mercado de Peixes (7h às 18h), com 2 mil m² e boxes de venda de pescado e gastronomia. O espaço abriu em meados de 2020 dividindo opiniões, especialmente pela estética envidraçada e a demolição do antecessor. Na Ponta da Praia, foi entregue o centro de convenções (a fachada tem mural do artista Kobra com símbolos da cidade, como o bonde, o porto e Pelé), fonte interativa e novo calçadão.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta