Publicidade

X
ELEIÇÕES 2022

Ala do PSDB anti-Doria discute lançar candidato contra Rodrigo Garcia

Nome aventado foi o de Paulo Serra, prefeito de Santo André que coordenou a campanha de Eduardo Leite (RS) nas prévias do PSDB

Publicidade

Garcia foi escolhido por Doria para sucedê-lo no Governo de SP / /Zanone Fraissat/Folhapress

Um grupo formado por tucanos que se opõem a João Doria (PSDB) se reuniu em São Paulo na terça-feira (11) para discutir os rumos da legenda. Participaram entre outros os senadores Tasso Jereissati (CE) e José Aníbal (SP), o vereador Xexéu Tripoli e o deputado federal Eduardo Cury (SP).

Foi discutida a ideia de lançar um candidato ao governo para concorrer com Rodrigo Garcia (PSDB), escolhido por Doria para sucedê-lo.

O nome aventado foi o de Paulo Serra, prefeito de Santo André que coordenou a campanha de Eduardo Leite (RS) nas prévias do PSDB.

Na reunião, a candidatura de Garcia foi descrita como um projeto de poder, sem ambições verdadeiras de mudança social.

Caso a ideia prospere, o prefeito da cidade do ABC, hoje tucano, seria lançado por outra sigla. O PSD, de Gilberto Kassab, foi apontado como possibilidade, já que não deverá mais ter Geraldo Alckmin como candidato em SP.

Serra saiu do PSD para voltar ao PSDB em 2015.

O grupo deverá fazer nova reunião em algumas semanas para continuar a tratar do assunto.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Inclusão

TRF suspende liminar que obrigava IBGE a incluir orientação sexual no Censo

Instituto argumenta que não teria tempo hábil nem orçamento suficiente para fazer o acréscimo das perguntas de forma adequada no levantamento

CPI do MEC

Suspeita de interferência de Bolsonaro aumenta pressão por CPI do MEC

A oposição no Senado ainda tenta engrossar com ao menos mais dois nomes o requerimento para criação de uma CPI do MEC

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software