Publicidade

X

Capital

Bombeiro morre após ser empurrado nos trilhos do Metrô de São Paulo

Vítima foi empurrada nos trilhos do metrô da estação Sé, no Centro

Folhapress

Publicado em 18/10/2023 às 10:45

Atualizado em 18/10/2023 às 11:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Adilson Ferreira foi empurrado quando esperava um trem no sentido Tucuruvi da via, na linha 1-Azul / Sindicato dos Metroviários de SP

Um bombeiro civil de 52 anos morreu após ser empurrado nos trilhos do metrô da estação Sé, no Centro de São Paulo.

Adilson Ferreira foi empurrado quando esperava um trem no sentido Tucuruvi da via, na linha 1-Azul, na tarde da sexta-feira (13), segundo informações dadas pela família dele nas redes sociais.

Ele chegou a ser levado para a Santa Casa de São Paulo, mas morreu no hospital.

O suspeito de empurrar Adilson, um homem de 35 anos, foi até a delegacia com um advogado e confessou o crime, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.

Ele foi preso em flagrante por homicídio e está à disposição da Justiça. O nome dele não foi divulgado pela polícia.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado. 

"Meu irmão morreu porque um desconhecido empurrou ele na Sé. Vamos ter Justiça, tentar ter mais segurança no Metrô", disse Márcia Teles, irmã de Adilson, em publicação nas redes sociais.

O suspeito afirmou à polícia que teria confundido o bombeiro com um colega de trabalho com quem tinha desavença, segundo informações da TV Record.

O corpo de Adilson foi enterrado no sábado (14), em Ferraz de Vasconcelos, no Alto Tietê (SP).

O Metrô informou que lamenta a situação, que se solidariza com a família da vítima e que segue à disposição das autoridades para elucidação do crime.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

HISTÓRIAS E BIOGRAFIA

Ana Hickmann, 43 anos: Conheça história e polêmicas da apresentadora

Apresentadora, modelo e empresária de sucesso; Ana Hickmann tem uma carreira repleta de curiosidades

MAIS RICOS DO MUNDO

Show de Rihanna: saiba como será o casamento de bilionário na Índia

Rihanna se apresentará neste fim de semana em cerimônia de Anant Ambani e Radhika Merchant; confira detalhes

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter