X

EVA UVIEDO

Cambuci: Escola ganha mural de 300 m² inspirado na história do bairro

Obra da artista plástica Eva Uviedo abrange todo o muro da EMEI Alberto de Oliveira e foi feita para o projeto Museu de Arte de Rua (MAR)

Bruno Hoffmann

Publicado em 07/02/2023 às 13:32

Atualizado em 07/02/2023 às 14:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A artista Eva Uviedo em frente ao mural no Cambuci / Nilton Fukuda

A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Alberto de Oliveira, no Cambuci, região central de São Paulo, ganhou o painel "Madura", um mural de mais de 300 metros quadrados que toma conta de todo muro externo da instituição de ensino.

A obra foi produzida pela artista argentina-brasileira Eva Uviedo para o projeto Museu de Arte de Rua (MAR), da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

Segundo a artista, a obra aborda a importância de preservar e valorizar o conhecimento dos mais velhos, e faz isso a partir da história da árvore-símbolo do bairro, o cambuci. A árvore é conhecido por seu fruto, também chamado de cambuci, e chegou a ser considerada ameaçada de extinção na lista da União Internacional para Conservação da Natureza, e atualmente é difícil de ser encontrada e ganhou uma série de campanhas de revalorização.

"Os painéis retratam a transmissão do conhecimento e a troca de cuidados e respeito entre pessoas de diferentes gerações", explicou Uviedo.

Ela também usou a ideia da passagem do tempo como um rio, inspirada pelo córrego que dá o nome à principal artéria do local, a rua do Lavapés. "Busquei passar uma mensagem sobre a importância da colaboração e respeito das crianças para os mais velhos e vice-versa", explicou.

A artista

Eva Uviedo é conhecida por seu trabalho com artes visuais e ilustração - tem dois livros publicados em co-autoria com a escritora Clara Averbuck, além de uma série de publicações infanto-juvenis e de viagem. Também foi responsável pelas artes da turnê Matriz da cantora Pitty.

Ela, que costuma explorar sua arte através de diversas técnicas e suportes como aquarela, sumi-e, pintura sobre tela, tecido e porcelana, ao longo de 2022 iniciou um novo processo artístico, utilizando grandes formatos - em especial o muro - como uma das plataformas para sua arte. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Licitação

Prefeitura de Cafelândia abre licitação de R$ 611 mil para pavimentação.

Critério de julgamento será de menor preço global; Abertura da sessão pública será dia 17 de junho, às 9h

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter