X

DADOS DE SEGURANÇA

Cidade de São Paulo tem o menor número de assassinatos em 20 anos

Em 2022, foram 583 casos; número muito menor do que o observado em 2002, quando houve 4,8 mil registros

Folhapress

Publicado em 27/01/2023 às 11:08

Atualizado em 27/01/2023 às 11:47

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Dados foram divulgados nesta semana pela SSP / Arquivo/Agência Brasil

A cidade de São Paulo terminou 2022 com o menor número de homicídios dolosos (quando há intenção do autor) em 20 anos. 

Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), 583 pessoas foram assassinadas na capital no ano passado, 20 mortes a menos do que no ano anterior, uma queda de 4%. 

Em 2002, primeiro ano da série de dados da pasta, morreram 4.872 pessoas. 

Já no restante do estado a quantidade de assassinatos voltou a crescer, interrompendo um período de queda. 

De janeiro a dezembro, as mortes violentas somaram 3.044, ante 2.847 em 2021, alta de 7%. 

Em 2019, antes da crise sanitária, 2.906 pessoas foram assassinadas no estado. 

Os casos de latrocínio na capital, roubo seguido de morte, tiveram alta em relação aos anos de pandemia de Covid. Foram 63 vítimas em 2022, ante 56 em 2021 e 46 em 2020. 

No entanto, o número é próximo ao visto em 2019, quando 66 pessoas foram assassinadas. 

No restante do estado, 178 pessoas foram vítimas de latrocínio em todo ano passado. Em 2021, houve 173 mortes e, em 2020, foram 183. Em 2019, antes da pandemia, 199 pessoas acabaram mortas em roubos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Gazeta Mais

As férias escolares chegaram! Veja 5 dicas para combinar diversão com aprendizado

Especialista explicam as melhores opções

SAÚDE

Dr. Bactéria dá dicas para deixar a casa sempre limpa

Da cozinha ao banheiro, biomédico Roberto Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, explica o que é certo e o que é errado na hora de limpar a casa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter