Publicidade

X
'NOJENTO'

Consumidor de SP encontra larvas dentro de Kinder Ovo; veja vídeo

Um rapaz ganhou o chocolate da namorada e, ao abrir o produto, encontrou uma 'surpresa'

Publicidade

Casal encontra larvas dentro de Kinder Ovo / Foto: Ricardo Romanha/Arquivo pessoal

Um rapaz de Itapetininga, no interior paulista, recebeu de presente da namorada um Kinder Ovo no domingo e Páscoa e, ao abrir o produto, encontrou uma "surpresa" nada agradável. O chocolate continha larvas ainda vivas.

O casal decidiu então gravar um vídeo para enviar à empresa e comprovar o problema com o alimento. A gravação mostra duas larvas nas bordas do ovo de chocolate. Assista abaixo:

 


De acordo com informações da embalagem do produto, o Kinder Ovo comprado em Itapetininga foi fabricado na Argentina. A fabricante do chocolate informou  que o caso não tem qualquer relação com o recall por suspeita de salmonela realizado em outros países, conforme nota enviada ao "g1".

O casal diz que sentiu mal-estar após consumir o produto. O estudante de engenharia Ricardo Romanha de Oliveira contou que a namorada comprou o chocolate em uma loja do shopping da cidade, na quarta-feira (13).

"Dividimos o chocolate. Metade eu entreguei para a minha namorada e fiquei com a outra. Quando eu coloquei aquilo na boca, vi as larvas se mexendo na outra parte e joguei o chocolate no chão. Minha namorada também já estava mastigando. Foi nojento. Uma sensação horrível", lembrou o estudante.


Os consumidores afirmaram que vão requerer junto à loja o reembolso do valor do chocolate e um posicionamento da fabricante.

 

O que diz a Kinder


Em comunicado, a marca Kinder disse que tomou conhecimento do problema por meio da reportagem e que não recebeu queixa do consumidor via SAC. A companhia informou que já está em contato com o cliente e que os produtos da marca "são fabricados com os mais rígidos controles de qualidade existentes".


A empresa reforça ainda que a proibição da Anvisa "refere-se exclusivamente aos produtos Kinder fabricados em Arlon, na Bélgica, e que estes não são distribuídos pela Ferrero no Brasil".


Segundo a fabricante, os chocolates vendidos pela Ferrero do Brasil no país são seguros para consumo, e os moradores que tiverem problemas podem entrar em contato pelos canais de atendimento: telefone 0800-701-6595 e [email protected]

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Nicolas Vlavianos, que criou esculturas no Arouche e na Sé, morre aos 93 anos

Segundo sua filha, Myrine Vlavianos, o artista passou os últimos seis meses entre idas e vindas do hospital

Saúde

Anvisa determina recolhimento do remédio 'Losartana', usado para tratar hipertensão

Produtos devem ser retirados das farmácias em até 120 dias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software