Publicidade

X

POLÍCIA

Depósito de mochilas escolares falsificadas é encontrado no Litoral; mulher é presa

Além de falsificar kits de mochilas escolares com personagens da Disney, LOL, Marvel, entre outros, a proprietária ainda desviava energia elétrica no local

Da Reportagem

Publicado em 12/02/2024 às 16:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Mais de 200 lotes de mochilas falsificadas lotaram caminhão durante apreensão / Divulgação/Polícia Civil

Mochilas falsificadas com temas da Disney, Marvel, LOL, Sonic e Mario Bros levou uma mulher, de 55 anos, presa em São Vicente. Ela também estaria furtando energia elétrica em um depósito localizado no Jardim Rio Branco.

Faça parte do grupo do Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

No último dia 30 de janeiro, após uma denúncia, policiais da Delegacia de Investigações Criminais (DIG) de Praia Grande foram até a fábrica junto com representantes das marcas citadas e também da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL).

Após ser abordada pela equipe policial, a mulher afirmou que assumiu a administração da fábrica há cerca de um ano, após falecimento do pai.

Mais de 200 lotes de mochilas, lancheiras e estojos com personagens estampados das empresas Disney, Marvel, LOL, Sonic, Mario Bros, entre outros, foram localizados no depósito. Nenhum dos produtos possuia licença ou autorização de uso da marca.

Além da apreensão de kits de mochilas escolares, um técnico da CPFL identificou que o local tinha um desvio de energia dentro de um poste padrão.

Todos os itens foram apreendidos e levados para o pátio da empresa representante. Lá, toda a mercadoria foi contabilizada, fotografada, sendo emitido um laudo preliminar.

A mulher foi presa em flagrante pelo crime de furto de energia. Sobre o crime de registro de marca, ainda é necessário que os representantes ofereçam queixam-crime dentro do prazo estipulado pela Justiça. O caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Vicente. A mulher foi encaminhada à Cadeia Feminina da Cidade, mas foi liberada após passar por audiência de custódia.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Senador quer convocar ministro após fala de Lula sobre Israel

Carlos Portinho disse que Lula 'provocou o início do que pode ser uma grave crise diplomática entre Israel e o Brasil'

Esportes

Felipão se irrita com torcedores do Atlético-MG após eles pedirem mudanças no time

Alguns torcedores pediram mais espaço para Alisson Santana, joia do clube

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter