Publicidade

X
Direitos Humanos

Senado discute condições de trabalho em redes de fast food após denúncias

A iniciativa foi motivada por acusações de assédio sexual e racismo em unidades do McDonald's no Brasil

Publicidade

Loja do Mc Donald's / Divulgação

A Comissão de Direitos Humanos do Senado fará na próxima segunda-feira (8) audiência pública para discutir as condições de trabalho de jovens em redes de fast food.

A iniciativa foi motivada por acusações de assédio sexual e racismo em unidades do McDonald's no Brasil. Um inquérito no Ministério Público do Trabalho de São Paulo foi aberto a respeito.

A direção da empresa foi convidada para a sessão, proposta pelo senador Humberto Costa (PT-PE), mas ainda não confirmou presença.

A audiência terá a presença de dez trabalhadores que ingressaram com ações na Justiça, além de representantes do Chile e da Colômbia. Os casos estão sendo levantados pela campanha Sem Direitos Não É Legal, que conta com o apoio de centrais.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Monkeypox

Varíola dos macacos: Anvisa analisa pedidos para diagnóstico da doença

Segundo a agência, os dois primeiros produtos foram Viasure Monkeypox Virus Real Time PCR Detection Kit, fabricado na Espanha pela empresa CerTest Biotec

Carta pró-democracia

Em dia de manifesto, Bolsonaro se reúne com candidatos do PP e recebe apoio

O senador e candidato a governador do RS, Luiz Carlos Heinze, afirmou que reunião teve objetivo de demonstrar apoio ao presidente

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software