Publicidade

X
CRIMINALIDADE

Estado de São Paulo tem a menor taxa de mortes violentas do Brasil

São Paulo fechou o ano passado com 5,8 casos e 6,1 vítimas de homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes índices que são três vezes menores que a taxa nacional

Publicidade

Em análise relacionada às capitais, o anuário apontou que a cidade de São Paulo apresentou a menor taxa de vítimas de homicídios dolosos do País / Thiago Neme/Gazeta de São Paulo

O estado de São Paulo registrou a menor taxa de mortes violentas do Brasil, de acordo com o 16º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28). O estudo compara os índices de 2021 e aponta que São Paulo é o estado com as menores taxas de casos e de vítimas de homicídios dolosos do país.

De acordo com a publicação, São Paulo fechou o ano passado com 5,8 casos e 6,1 vítimas de homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes – índices que são três vezes menores que a taxa nacional, com 18,1 casos e 18,7 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes.

Em números absolutos, foram 2.893 casos em 2020 contra 2.713 em 2021, redução de 6,2%. O número de vítimas passou de 3.038 (2020) para 2.847 (2021), queda de 6,3%.

Nos índices de mortes violentas intencionais, que englobam vítimas de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora, o resultado é semelhante. São Paulo permanece no fim da lista, com 7,9 casos por 100 mil habitantes. O índice também é quase três vezes menor que a média nacional, que registrou 22,6 casos por 100 mil habitantes.

Capitais

Em análise relacionada às capitais, o anuário apontou que a cidade de São Paulo apresentou a menor taxa de vítimas de homicídios dolosos do País. Em 2021, foram 4,9 mortes a cada grupo de 100 mil habitantes no município. A média de todas as capitais do Brasil, no ano passado, ficou em 17,5 a cada 100 mil habitantes.

Além disso, a capital paulista também se sobressaiu no indicador de mortes violentas intencionais, apresentando a menor taxa. Foram 7,7 por 100 mil habitantes, 2,8 vezes menor em comparação à média das demais capitais, que foi de 21,7.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Democracia

Fachin defende urnas e se opõe às fake news em mensagem para mobilização de 11 de agosto

Declarações do presidente do TSE foram feitas em meio a insinuações golpistas e ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral

Monkeypox

Varíola dos macacos: Anvisa analisa pedidos para diagnóstico da doença

Segundo a agência, os dois primeiros produtos foram Viasure Monkeypox Virus Real Time PCR Detection Kit, fabricado na Espanha pela empresa CerTest Biotec

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software