X

Estado

Governo de SP estuda replicar estrutura federal de cargos comissionados

O objetivo, segundo assessores do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), é dar maior racionalidade à estrutura salarial destes servidores

Folhapress

Publicado em 04/02/2023 às 08:15

Atualizado em 04/02/2023 às 12:44

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Tarcísio de Freitas em evento da XP nesta quarta-feira (1°), em São Paulo / Divulgação/GESP

O governo de São Paulo deve mandar logo após a posse da nova Assembleia Legislativa, em 15 de março, seu projeto de reforma administrativa para os servidores do estado.

O foco principal será nos funcionários de livre nomeação, ou seja, os não concursados.

O objetivo, segundo assessores do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), é dar maior racionalidade à estrutura salarial destes servidores.

O diagnóstico é que não há clareza sobre carreiras e políticas de remuneração e gratificações.

Há o desejo de que, com isso, seja possível atrair mais quadros da iniciativa privada.

Uma ideia em estudo é criar um organograma de cargos inspirado no modelo dos DAS (Divisão e Assessoramento Superiores), do governo federal, que tem seis níveis remuneratórios fixos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Licitação

Prefeitura de Cafelândia abre licitação de R$ 611 mil para pavimentação.

Critério de julgamento será de menor preço global; Abertura da sessão pública será dia 17 de junho, às 9h

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter