Publicidade

X

Estado

Guardas são presos por suspeita de tortura

RICARDO

Publicado em 27/04/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Três integrantes da Guarda Civil Municipal de Indaiatuba, no interior de São Paulo, foram presos na quinta-feira, (25), acusados de torturar pessoas suspeitas da prática de crimes. Um quarto GM teve o mandado de prisão expedido, mas fugiu e está sendo procurado. A operação da Polícia Civil investiga também crimes de abuso de poder praticados pelos agentes. A prefeitura informou que abriu sindicância para acompanhar o caso e que dois dos guardas investigados já estavam afastados das funções a pedido do Ministério Público.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e prisão, os policiais encontraram uma pistola calibre 380, dois simulacros de arma e R$ 23 mil em dinheiro na casa de um dos investigados. Conforme o delegado Luis Fernando Dias de Oliveira, a suspeita é de que o dinheiro seja produto de corrupção. Na casa do GCM que está foragido foram apreendidas porções de entorpecentes. Conforme o delegado, ele será investigado por tráfico de drogas.

A investigação, iniciada após denúncias de famílias das vítimas, apurou que os guardas agrediam de forma continuada e violenta suspeitos de crimes antes de fazer o encaminhamento às polícias estaduais. Os GCMs tiveram as conversas telefônicas monitoradas durante dois meses com autorização judicial. Durante esse período, os agentes foram à procura dos supostos criminosos e testemunhas para constrangê-los, mediante ameaça, a mudar os depoimentos em inquéritos policiais e judiciais.
(EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

Política

Lula se reúne com Maduro para tratar de eleições na Venezuela no segundo semestre

Palácio do Planalto informou que questão de Essequibo não foi tratada

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter