X

MORTE BRUTAL

Idoso que morreu após voadora tinha três filhos e seis netos

Após agressão, o idoso caiu de costas no chão, bateu a cabeça, sofreu um traumatismo craniano e morreu após sofrer três paradas cardíacas

Matheus Herbert

Publicado em 12/06/2024 às 17:38

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O idoso, de 77 anos, identificado como Cesar Fine Torresi, morreu após levar uma voadora na frente do próprio neto de 11 anos / Reprodução/Facebook

Um caso de violência brutal no litoral chocou o Brasil. O idoso, de 77 anos, identificado como Cesar Fine Torresi, morreu após levar uma voadora na frente do próprio neto de 11 anos. Para a família e conhecidos, Cesar Fine era um homem trabalhador e um excelente pai e avô

Após agressão cometida pelo suspeito Tiago Gomes de Souza, de 39 anos, o idoso caiu de costas no chão, bateu a cabeça, sofreu um traumatismo craniano e morreu após sofrer três paradas cardíacas. Thiago Gomes foi preso após fugir para um mercado em Santos. 

Idoso morava em Santo André, no ABC Paulista 

Cesar Fine Torresi, tinha 77 anos, era divorciado e morava em Santo André, no ABC Paulista. 

Cesar vivia com a irmã de 79 anos e um irmão de 81 anos. Para conhecidos e familiares, ele era uma pessoa lúcida e trabalhava com vendas de brindes gráficos, fazendo, inclusive calendários.

Cesar tinha três filhos, o primogênito que mora em Sorocaba, no interior paulista, uma filha que mora em Jundiaí, também no interior e o caçula em Santos, onde ele foi agredido enquanto passeava com o neto e morreu. Cesar era avô de seis netos

Entenda o caso do idoso

Segundo boletim de ocorrência, Cesar Fine Torresi atravessava a rua Pirajá da Silva entre os carros, com o neto. 

Em um momento, um carro avançou em suas direções e freou, quase atingindo a dupla. Com o susto, o idoso se apoiou no capô do veículo e seguiu andando.

Quando terminaram de atravessar a rua, Tiago Gomes de Souza que dirigia o veículo deu uma voadora no peito de Cesar e fugiu.

Após a audiência de custódia, no último domingo (09/06), o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) converteu a prisão em flagrante do indiciado para preventiva.

 

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Automotor

Conheça o Territory: SUV médio da Ford

Com apenas nove meses no mercado, o modelo novo do Territory já tornou-se mais fácil de encontrar nas ruas brasileiras

DISPUTA NA GRANDE SP

Pré-candidato do PL em Guarulhos anuncia vice e fala em 'momento histórico'

'Um momento histórico e de mudanças aqui para a nossa cidade', afirmou Sanches ao anunciar a formação da chapa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter