Publicidade

X

DIABETES

Insulina semanal para diabetes apresenta resultados positivos em testes

O modelo atual da substância utilizada para o diabetes é diário, o que pode representar barreiras para alguns pacientes

FOLHAPRESS

Publicado em 05/07/2023 às 14:28

Atualizado em 05/07/2023 às 14:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A caneta preenchida com insulina é considerada um dos métodos mais eficazes e seguros para o tratamento de diabetes tipo 1 e 2 / Divulgação

Duas pesquisas apresentadas no final de junho no congresso da Associação Americana para Diabetes (ADA) observou um efeito positivo de uma nova insulina aplicada uma vez por semana para o tratamento da condição. O modelo atual da substância utilizada para o diabetes é diário, o que pode representar barreiras para alguns pacientes.

A nova insulina, chamada icodeca, é produzida pela Novo Nordisk - a farmacêutica também financiou os estudos. A companhia afirmou à Folha que submeteu a insulina semanal à avaliação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em abril de 2023. A análise deve durar entre 16 e 24 meses. Após isso, caso autorizada, é necessária a regulação do preço, processo que pode demorar alguns meses.

Um dos estudos divulgados no congresso dividiu 588 participantes com diabetes tipo 2 em dois grupos: um que utilizou a icodeca por 26 semanas e outro que acessou ao modelo de insulina diária chamada degludeca durante o mesmo período. Então, comparou-se o resultado entre os dois segmentos.

Um parâmetro foi em relação à hemoglobina glicada, fator que colabora para identificar se há altos índices de glicemia no organismo. Os integrantes que utilizaram a icodeca tiveram um resultado levemente superior em comparação à degludeca.

Outra medida observada foi de hipoglicemia, que é o baixo nível de açúcar no sangue. Em alguns casos de tratamento para diabetes, isso pode ocorrer. Os pacientes com icodeca não apresentaram um cenário de hipoglicemia estatisticamente diferente daqueles com uso da insulina diária.

O outro estudo apresentado comparou a icodeca com a glargina, tipo de insulina de uso diário. Os 984 participantes com diabetes tipo 2 foram divididos entre dois grupos, em que cada um utilizava um dos medicamentos. No fim da pesquisa, foi observado que a icodeca teve resultados positivos e parecidos a outra investigação.

O uso do novo modelo de insulina pode facilitar a adesão ao tratamento. Como a icodeca é recomendada uma vez por semana, as injeções devem ser aplicadas cerca de 52 vezes por ano, bem menos que as 36 que a insulina diária demanda.

Além da Anvisa, outras agências regulatórias também analisam o medicamento. Segundo a Novo Nordisk, a FDA, dos EUA, a EMA, da União Europeia, e a NMPA, da China, avaliam uma possível autorização da droga.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians é eliminado do Campeonato Paulista

Agora, o clube terá que conquistar a vaga na Copa do Brasil de 2025 de outro jeito

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter