X

EMERGÊNCIA CLIMÁTICA

Litoral paulista em risco: estudo revela ameaça de inundação urbana pelo mar

Aumento do nível do mar pode ocorrer caso não sejam tomadas medidas de mitigação da emergência climática, aponta estudo da organização Climate Central

Natália Brito

Publicado em 21/06/2024 às 15:30

Atualizado em 21/06/2024 às 15:32

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Imagem mostra como deve ficar o litoral paulista caso o aumento da temperatura chegue a 4ºC, nos próximos 25 anos / Divulgação/Climate Central

O litoral paulista corre o risco de ter sua área urbana invadida pelo mar devido ao aumento da temperatura no planeta. O estudo é da organização não-governamental Climate Central, instituição norte-americana que pesquisa cidades ameaçadas de inundação ao redor do mundo.

A organização utilizou dados do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), e fez projeções de como algumas regiões serão afetadas pela possível elevação do nível do mar.

Algumas imagens mostram o cenário atual da cidade de Santos e de todo o litoral paulista, e como devem ficar caso o aumento da temperatura alcance os 4ºC, nos próximos 25 anos. Essa elevação pode ocorrer caso não sejam tomadas medidas de mitigação da emergência climática.

Segundo a pesquisa da Climate Central, a poluição atmosférica e o derretimento de geleiras são os fatores principais pela elevação do nível dos oceanos. O levantamento indica que a inundação pode afetar territórios ocupados por cerca de 10% da população global.

Outro estudo do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP), já havia apontado o aumento do nível do mar na região litorânea de São Paulo. De acordo com a pesquisa, o mar subiu pelo menos 20 centímetros no litoral do estado desde os anos 1950.

Em outra projeção, de novembro de 2023, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que a cidade de Santos pode perder até 5% de sua área habitável até 2050.

Ameaça em outras cidades costeiras 

O risco não é exclusivo do litoral paulista. A Organização das Nações Unidas (ONU) também menciona o município do Rio de Janeiro. "Até 2050, segundo as projeções, centenas de cidades costeiras altamente populosas estarão expostas ao risco de inundação, incluindo terras que abrigam cerca de 5% da população de cidades como Santos, no Brasil; Cotonou, no Benin; e Calcutá, na Índia", diz um trecho da pesquisa, divulgada às vésperas da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP28).

Dados do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e do Climate Impact Lab (CIL) apontam que a América Latina, o Caribe, o Pacífico e os Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento enfrentam a situação mais preocupante.


 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Automotor

Conheça o Territory: SUV médio da Ford

Com apenas nove meses no mercado, o modelo novo do Territory já tornou-se mais fácil de encontrar nas ruas brasileiras

DISPUTA NA GRANDE SP

Pré-candidato do PL em Guarulhos anuncia vice e fala em 'momento histórico'

'Um momento histórico e de mudanças aqui para a nossa cidade', afirmou Sanches ao anunciar a formação da chapa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter