Publicidade

X
SAÚDE

MP-SP vai investigar planos de saúde que se negaram a oferecer terapia on-line

Inquérito vai averiguar os motivos para planos não terem atendido remotamente pessoas com deficiência durante a pandemia

Publicidade

Sâmia Bomfim é deputada federal pelo PSOL / /Reprodução/YouTube

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) vai investigar os motivos de alguns planos de saúde não oferecerem terapias on-line durante a pandemia da Covid-19, principalmente a crianças e adolescentes com deficiência. A investigação foi instaurada após uma ação da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) e da jornalista Andréa Werner.

“É absurdo que justo nesse momento de pandemia os planos de saúde se neguem a prestar assistência remota aos seus clientes. Queremos que o Ministério Público atue para impedir que esse desrespeito com as pessoas com deficiência permaneça acontecendo”, afirma Sâmia.

Leia mais:

Projeto inclui a cobertura de atendimento domiciliar por planos de saúde

De acordo com a deputada federal, serão investigadas a Ameplan Assistência Médica Planejada (São Paulo), a Amil (São Paulo e Mogi Das Cruzes), Med-Tour Saúde, Notredame, Porto Seguro Companhia De Seguros, Unimed Monte Alto, Unimed Santos, Unimed Ribeirão Preto e Unimed Cajati, Savisa (São José Do Rio Pardo) e São Francisco (Porto Ferreira).

Sâmia e Andréa Werner acionaram o MP em maio de 2020 após receberem denúncias de pais de crianças e adolescentes com deficiência sobre convênios que se negaram a oferecer atendimento remoto, alegando que o serviço não está previsto em contrato.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

MESMO COM JORNADA REDUZIDA

STF proíbe que servidor ganhe menos de um salário mínimo

Recurso analisado pelo Supremo foi apresentado por quatro servidoras gaúchas que cumprem jornada de 20 horas semanais

EM OUTUBRO

Decisão de voto na eleição de 2022 deve levar crianças em consideração, aponta portal

De acordo com o Artigo 227 da Constituição de 1988, as crianças devem ser prioridade absoluta em todas as decisões, programas e políticas públicas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software