X

ASSASSINATO

Pai e filha são mortos a tiros por ex-namorado da jovem no Vale do Ribeira

Caso foi registrado na Delegacia de Miracatu como feminicídio, violência doméstica e homicídio. A mulher tinha uma medida protetiva contra o rapaz

Natália Brito

Publicado em 13/05/2024 às 11:40

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Principal suspeito de cometer o assassinato do pai e da filha é o ex-namorado dela / Reprodução/Redes Sociais

Neste sábado (11), Yasmin Santos de Queiroz, de 25 anos, e seu pai, o funcionário público Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60, foram mortos a tiros em casa, na cidade em Miracatu, no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo.

Siga a Gazeta nas redes sociais e mantenha-se bem informado!

O principal suspeito de cometer o assassinato do pai e da filha é o ex-namorado dela, identificado apenas como um mecânico de 29 anos.

A mãe da jovem estava em casa no momento e testemunhou o crime. Ela disse à polícia que o ex-namorado da filha invadiu a casa e atirou nas duas vítimas, fugindo logo em seguida. A informação é do portal “Metrópoles”.

A Polícia Militar foi acionada e chamou o socorro, mas pai e filha não resistiram aos ferimentos e morreram ainda no local. O homem fugiu do local de carro e está foragido.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o caso foi registrado na Delegacia de Miracatu como feminicídio, violência doméstica e homicídio. Além desses crimes, o autor será autuado pelo descumprimento da medida protetiva assim que for preso.

A casa da família foi isolada para a realização da perícia. Ainda não há informações sobre a motivação dos assassinatos.


 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Leilão de veículos

Detran-SP realiza leilão online com lances a partir de R$ 2 mil

Carros conservados e sucatas disponíveis; visite e faça seu pré-lance em julho

Licitação

Prefeitura de Capivari abre licitação de R$ 807 mil para recapear ruas

Obras serão destinadas às ruas Vitório Gatti e Américo Forti, no bairro Porto Alegre; prazo de entrega da obra é de até 3 meses

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter