X

NESTA QUINTA-FEIRA

Passe escolar EMTU começa a ser vendido dia 1º de fevereiro em Taboão da Serra e região

Nessa mesma data será iniciada a venda de créditos eletrônicos para a modalidade Meia Tarifa

Portal O Taboanense

Publicado em 29/01/2024 às 18:03

Atualizado em 15/02/2024 às 16:36

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Os benefícios valem para as os estudantes e professores de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Cotia e Vargem Grande Paulista / Divulgação

A partir do próximo quinta-feira, dia 1º de fevereiro, estará disponível a utilização da cota para o Passe Livre do transporte metropolitano aos estudantes que tiveram sua solicitação aprovada. Nessa mesma data será iniciada a venda de créditos eletrônicos para a modalidade Meia Tarifa.

Os benefícios valem para as os estudantes e professores de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu, São Lourenço da Serra, Cotia e Vargem Grande Paulista.

Desde 8 de janeiro os interessados em utilizar o Passe Livre ou Passe Escolar (Meia Tarifa) podem preencher os formulários de requisição ou revalidação, desde que as instituições de ensino tenham cadastrado os estudantes e professores que desejam usar o benefício no ano letivo de 2024.

Faça parte do grupo do Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O processo é realizado pela escola em acesso exclusivo no portal www.emtu.sp.gov.br e é fundamental para viabilizar o passo seguinte, que é a solicitação do estudante/professor.

Passo a passo

Para solicitar o Passe Livre, o interessado deve solicitar em sua escola ou faculdade o cadastramento no Portal Parceiros EMTU – Instituição de Ensino. Quando estiver cadastrado, deve acessar o site e preencher o formulário de solicitação. Para a revalidação, a EMTU cobra uma taxa, que este ano está em R$26,60.

Segundo a EMTU, tem direito ao passe livre apenas os alunos dos ensinos fundamental e médio que estudem em escola pública, ou do ensino técnico ou superior com comprovada baixa renda per capta no núcleo familiar (inferior a R$2.118 por pessoa). Se não preencher os requisitos, a solicitação pode ser feita para o Passe Escolar (meia tarifa) com o pagamento do mesmo valor.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Transportes

SPTrans abre Licitação para centralizar arrecadação bilionária do Bilhete Único

Empresa busca instituição financeira para gerenciar cerca de R$ 7,2 bilhões arrecadados anualmente com o Bilhete Único

NEGÓCIOS e economia

Fusão com Grupo Soma: Arezzo&Co; muda nome para Azzas 2154

Nova denominação faz parte da fusão com o Grupo Soma e ações serão negociadas na B3 sob o ticker "AZZA3"

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter