X

LATROCÍNIO EM SP

Polícia identifica homem suspeito de matar fisioterapeuta no ABC Paulista

Manoel também é suspeito de integrar uma quadrilha especializada em roubos de veículos com o objetivo de abastecer desmanches ilegais da região

Da Reportagem

Publicado em 26/01/2023 às 14:15

Atualizado em 26/01/2023 às 15:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A Polícia Civil já recebeu quatro denúncias sobre o possível paradeiro do suspeito de matar a fisioterapeuta / Reprodução

A Polícia Civil identificou Manoel Nascimento Moreira como o homem responsável pelo latrocínio da fisioterapeuta Olivia Tsutsumi Ambrogi, de 43 anos, que ocorreu na Vila Jordanópolis, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, nesta segunda-feira (23). No dia, a vítima entrou em luta corporal com o suspeito e foi baleada. As informações são do portal R7.

Segundo a delegada Kelly Cristina Saccheto Cesar de Andrade, da Delegacia Seccional de São Bernardo, Manoel é suspeito de integrar uma quadrilha especializada em roubos de veículos na região com o objetivo de abastecer desmanches ilegais da região.

Outros dois homens, responsáveis pela receptação dos veículos roubados, foram presos, sendo um temporariamente e o outro em flagrante.

A identificação do Manoel foi possível a partir da análise de câmeras de segurança que flagraram o latrocínio. A prisão temporária de 30 dias foi decretada pelo Tribunal de Justiça, por isso ele é considerado foragido.

De acordo com a investigação, o atirador chegou no local do crime em um Fiat Siena, cuja placa estava em nome da mãe do suspeito. Após descobrir que ela é moradora do Jardim Miriam, na zona sul de São Paulo, os policiais se deslocaram até a residência.

A mulher não teria autorizado a entrada dos agentes no imóvel, permitindo que o filho fugisse pelos fundos da casa. No Fiat Siena, a polícia também encontrou a roupa utilizada por Manoel no dia do crime. 

Horas antes do latrocínio da fisioterapeuta, o suspeito roubou outro carro - modelo Hyundai Creta - no bairro Assunção, também em São Bernardo do Campo. O dono do veículo compareceu no 5º Distrito Policial da cidade e reconheceu Manoel por meio de uma foto, além das roupas utilizadas na hora do crime.

A Polícia Civil já recebeu quatro denúncias sobre o possível paradeiro do suspeito. Quatro celulares também foram apreendidos ao longo da investigação e encaminhados à perícia.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Licitação

Prefeitura de Cafelândia abre licitação de R$ 611 mil para pavimentação.

Critério de julgamento será de menor preço global; Abertura da sessão pública será dia 17 de junho, às 9h

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter