X

RAIVA

Primeiro caso de raiva em cão desde 1983 é identificado em São Paulo

A prefeitura afirmou que a vacinação contra a doença foi intensificada na região do Butantã, onde o cão foi diagnosticado

Da Reportagem

Publicado em 05/09/2023 às 13:15

Atualizado em 05/09/2023 às 13:23

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Caso de raiva identificado em cão desde 1983 / Divulgação

Nesta sexta-feira (1), um cachorro foi diagnosticado com raiva na cidade de São Paulo, o caso só veio a público nesta segunda (4). A SMS (Secretaria Municipal da Saúde), por meio da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde) foi notificada pelo Instituto Pasteur de um caso confirmado de raiva em um cão na região do Butantã, na zona oeste da capital paulista.

Segundo informções do "R7", não era registrado casos da variante canina da doença desde 1983 na capital. Já se tratando da variante transmitida pelo morcego, o último caso notificado foi em 2011.

Devido a essa ocorrência, a Prefeitura de São Paulo informou que a vacinação dos animais casa a casa na região foi intensificada. Foram visitados 384 imóveis e vacinados 367 animais, como parte das atividades de bloqueio.

Vacinação antirrábica

A Prefeitura de São Paulo disponibiliza imunização gratuita contra a raiva em animais domésticos, em 18 postos fixos espalhados pela Capital, durante todo o ano.

Até julho, foram vacinados contra a raiva 155.560 animais, sendo 97.666 cães e 57.894 gatos, pelo Sistema Municipal de Vigilância.


 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Gazeta Mais

As férias escolares chegaram! Veja 5 dicas para combinar diversão com aprendizado

Especialista explicam as melhores opções

SAÚDE

Dr. Bactéria dá dicas para deixar a casa sempre limpa

Da cozinha ao banheiro, biomédico Roberto Figueiredo, conhecido como Dr. Bactéria, explica o que é certo e o que é errado na hora de limpar a casa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter