X

Inclusão no esporte

Projeto de SP cria curso de capacitação paralímpica para educadores físicos

Formação totalmente gratuita promove a inclusão de estudantes com deficiências a pratica de esportes adaptados

Maria Clara Campanini

Publicado em 01/03/2024 às 10:30

Atualizado em 01/03/2024 às 12:27

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Governo de São Paulo cria curso de capacitação paraolímpica para educadores físicos / Divulgação/ Governo de SP

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

O Governo de São Paulo deu início ao curso do Programa de Desenvolvimento Paraolímpico. Uma colaboração das secretárias dos Direitos da Pessoa com Deficiência e de Esporte, liberaram 200 vagas a professores de educação física da rede pública e privada, alunos de graduação do último ano e profissionais que estejam relacionados a atividades esportivas.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O curso começou na capital e agora está em Lins, e durante os quatro dias do programa na cidade, os alunos receberão capacitação técnica teórica e prática do esporte paralímpico em até oito modalidades: atletismo, parabadminton, halterofilismo, futebol de cegos, judô, natação, tênis de mesa e voleibol sentado. As aulas acontecem até 1 de março na Unisalesiano Lins, localizado na Dom Bosco, 265 Vila Alta.

"O Programa de Desenvolvimento Paralímpico é uma das principais iniciativas do governo estadual em prol da inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. Ele não apenas tem um impacto transformador ao ensinar professores formas de incluir seus alunos com deficiência nas atividades físicas, mas também contribui para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária", afirma o secretário de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Marcos da Costa.

Estudantes podem se cadastrar nesta quinta (29) para vagas de estágio em estação da CPTM

Inscrições

As inscrições podem ser feitas através do site ou presencialmente no local do curso no decorrer das aulas (sujeito a disponibilidade). Os participantes serão certificados ao final da capacitação.

Programa de Desenvolvimento Paralímpico

Criado em 2021 através de parceria entre as secretarias estaduais dos Direitos da Pessoa com Deficiência e de Esportes, o programa já capacitou 6,7 mil profissionais de educação física em mais de 50 cidades do Estado de São Paulo. Só no ano passado, foram 3,8 mil. Neste ano, o projeto passará por 36 cidades.

A primeira turma de 2024 do Programa de Desenvolvimento Paralímpico foi finalizada na capital paulista com 132 educadores físicos capacitados em até oito modalidades: atletismo, parabadminton, halterofilismo, futebol de cegos, judô, natação, tênis de mesa e voleibol sentado. As aulas ocorreram de 20 a 23 de fevereiro no CEU Parque Veredas, localizado na Chácara Dona Olivia.

Confira próximas datas

  • Tupã 05/03 a 08/03
  • Itaquaquecetuba 12/03 a 15/03
  • Campinas 19/03 a 22/03
  • Limeira 02/04 a 05/04
  • Cotia 09/04 a 12/04
  • Santa Fé do Sul 16/04 a 19/04
  • Santo André 07/05 a 10/05
  • Osasco 21/05 a 24/05
  • Jaboticabal 04/06 a 07/06
  • São Paulo Zona Sul 18/06 a 21/06
  • Assis 25/06 a 28/06
  • Embu das Artes 02/07 a 05/07
  • Tatuí 23/07 a 26/07
  • Carapicuíba 01/10 a 04/10

*Texto sob supervisão de Matheus Herbert

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Reforma no interior

Prefeitura de Nova Europa abre licitação de R$ 360 mil para reforma de escola municipal

Início de recebimento das propostas será a partir do dia 18 de junho e da disputa de preço será dia 2 de julho

Vôlei Feminino

Veja onde assistir Brasil x Japão pela semifinal da Liga das Nações

A disputa é uma prévia das Olimpíadas de Paris 2024

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter