X

EM APENAS 4 MESES

Racismo em SP: Denúncias de 2022 superam casos registrados em todo o ano de 2021

Foram 174 denúncias de discriminação racial no primeiro quadrimestre deste ano ante 155 ao longo de todo o ano passado

Da Reportagem

Publicado em 06/05/2022 às 12:01

Atualizado em 06/05/2022 às 12:17

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Visuals/Unsplash

As denúncias de discriminação racial registradas pela Ouvidoria da Secretaria Estadual da Justiça e Cidadania de São Paulo dispararam neste ano e, em quatro meses, já ultrapassaram o total contabilizado ao longo de todo o ano passado. É o que aponta um levantamento feito pela GloboNews com base em dados da pasta responsável por apurar, no âmbito de processos administrativos, violações de direitos humanos no estado.

De acordo com a secretaria, entre janeiro e abril deste ano, 174 denúncias de racismo foram registradas. No mesmo período de 2021, foram 24 queixas e, entre janeiro e dezembro, 155 registros de discriminação racial.

O grande aumento dos relatos, segundo a pasta, está relacionado principalmente à maior conscientização das pessoas de que o racismo é crime e também à divulgação mais ampla do canal de denúncias do órgão.

CASOS REGISTRADOS:

De janeiro a abril de 2020: 12 casos;

De janeiro a abril de 2021: 24 casos;

De janeiro a abril de 2022: 174 casos.

Em todo o ano de 2019: 47 casos registrados

2020: 49 casos

2021: 155 casos registrados.

Os dados são da Secretaria da Justiça e Cidadania.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

REGRAS DA CBF?

CBF pede para jogador não usar cabelo rosa na Seleção: 'é meio vacilão'

Yan Couto não especificou se o pedido veio da entidade ou de algum integrante específico

"King Costela"

Após propaganda enganosa, Burger King finalmente lança sanduíche de costela

Em tom de humor, para anunciar o novo lanche, a empresa agradeceu ao Procon-SP

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter