X

De olho na multa

Radar 'pega malandro' chega em ruas da cidade de São Paulo

Tecnologia é a prova do artifício de diminuir a velocidade só para passar pelo radar e, logo após, acelerar

Lucas Souza

Publicado em 15/05/2024 às 10:00

Atualizado em 15/05/2024 às 15:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Novo radar permite maior fiscalização nas ruas de São Paulo / Reprodução -Divulgação

Nova tecnologia de fiscalização do trânsito será implementada em São Paulo até o início de 2025. Os radares doppler, nomeado em homenagem à Christian Andreas Doppler, físico austríaco, permite identificar a velocidade de um veículo em uma distância de 100 metros antes ou depois do aparelho.

Siga a Gazeta nas redes sociais e mantenha-se bem informado!

A ferramenta também pode identificar se o veículo está sobre a faixa de pedestres, avançou no sinal vermelho, andou na contramão, fez uma conversão proibida e se o motorista está usando o celular enquanto dirige.

Como funciona

O aparelho funciona a base de frequências e, através de “laços” virtuais, identifica se houve uma infração ou não. Confira esquema.

  1. Radar doppler emite constantemente ondas eletromagnéticas com frequências de valor X.
  2. Ao se aproximar, o veículo rebate essas ondas, que mudam para Y.
  3. A diferença entre X e Y são os “laços” virtuais, que permitem a identificação se houve ou não uma infração.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Vantagens

Além de ser capaz de identificar várias infrações, o doppler é uma tecnologia não intrusiva. Para sua implementação, não é preciso destruir o pavimento, assim como não é necessário parar o trânsito para sua manutenção.

"Temos não intrusivos em Curitiba, São Paulo, Salvador, Novo Hamburgo, Anápolis, Aracaju, Campina Grande, João Pessoa e no estado do Pará (um contrato com o Detran)", disse Guilherme Araújo, diretor presidente da Velsis, empresa curitibana especializada no ramo, ao “UOL”.

A empresa monitora, atualmente, mais de 1.699 faixas e 731 equipamentos em diferentes cidades, em 24 dos 27 estados brasileiros.

*Texto sob supervisão de Diogo Mesquita

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians atropela o Racing-URU e se garante nas oitavas da Sul-Americana

Classificação às oitavas rende R$ 3 milhões aos cofres do clube, R$ 500 mil a mais do que seria com a vaga nos playoffs

Saidinhas

Congresso rejeita veto de Lula e proíbe 'saidinhas' de presos

Lula tentou manter uma lista mais ampla de possibilidades para as saídas temporárias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter