X

ELEIÇÕES 2024

Ricardo Nunes é aprovado por 48% dos paulistanos, e desaprovado por 30%

Dados são do Instituto Badra, divulgados com exclusividade pela Gazeta; entenda a pesquisa

Bruno Hoffmann

Publicado em 18/04/2024 às 06:03

Atualizado em 18/04/2024 às 10:59

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

O prefeito Ricardo Nunes / Marcelo Pereira/Secom

O prefeito Ricardo Nunes (MDB), pré-candidato à reeleição, é aprovado por 48% dos eleitores da cidade de São Paulo. Por outro lado, 30% dos paulistanos dizem reprovar a gestão do emedebista. Os dados são do Instituto Badra, divulgados com exclusividade pela Gazeta.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Já 22% não souberam avaliar o emedebista, que havia sido eleito em 2020 como vice de Bruno Covas (PSDB), e assumiu o cargo em maio de 2021, após a morte de Covas.

O instituto analisou também a avaliação do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A pesquisa Badra ouviu 1.500 eleitores de forma presencial entre os dias 11 e 13 de abril, nas quatro macrorregiões da cidade, ou seja, zonas norte, sul, leste e centro-oeste, em quantitativo proporcional ao eleitorado, inclusive para gênero, faixa etária, escolaridade e renda.

A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada sob o número SP-09533/2024.

Aprovação da gestão do prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes segunda pesquisa realizada pela BradaAprovação da gestão Nunes, segundo a Badra/Divulgação/Badra

 

O prefeito Ricardo NunesNunes na liderança

O prefeito Ricardo Nunes lidera todos os cenários para a Prefeitura de São Paulo, segundo a pesquisa do Instituto Badra divulgada com exclusividade pela Gazeta nesta quarta-feira. Este é o primeiro levantamento feito na cidade e registrado na Justiça Eleitoral após o fechamento da janela partidária.

No primeiro cenário estimulado pela Badra, em que os possíveis pré-candidatos são revelados para os eleitores, Nunes surge em primeiro nas intenções de voto, com 26%. Ele é seguido pelo deputado federal Guilherme Boulos (PSOL), que pontua com 17% da preferência do paulistano.

Na sequência aparecem a deputada federal Tabata Amaral (PSB), com 10%, a economista Marina Helena (Novo) e o empresário Pablo Marçal (DC), com 4%, o também deputado Kim Kataguiri (União Brasil), com 2%, e o metroviário Altino (PSTU), que pontua com 1% das intenções de voto.

Já votos em branco, nulo ou em ninguém representam 24% do eleitorado paulistano neste momento. Já 12% não souberam responder.

Segundo turno e rejeição

A pesquisa Badra mostra também que Boulos é o líder em rejeição da cidade de São Paulo, seguido por Nunes, Marçal, Kataguiri, Marina, Altino e Tabata. Revela, ainda, que Nunes venceria os principais adversários em um eventual segundo turno.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians atropela o Racing-URU e se garante nas oitavas da Sul-Americana

Classificação às oitavas rende R$ 3 milhões aos cofres do clube, R$ 500 mil a mais do que seria com a vaga nos playoffs

Saidinhas

Congresso rejeita veto de Lula e proíbe 'saidinhas' de presos

Lula tentou manter uma lista mais ampla de possibilidades para as saídas temporárias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter