X

PREVISÃO NO ESTADO DE SP

Temperatura volta a ficar instável em São Paulo nos próximos dias; confira

As instabilidades se afastam da região e o ar frio e seco de origem polar ganha força, o que vai garantir o tempo estável na Grande SP

Lucas Souza

Publicado em 19/04/2024 às 08:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Na Capital, máxima de 23°C e mínima de 14°C, sem chance de chuva / J. Duran Machfee/Futura Press/Folhapress

Após queda na temperatura, a temperatura volta a ficar estável no estado de São Paulo. O índice de umidade ficará entre 50% e 90%. Nessa sexta-feira (19) a temperatura máxima subirá um pouco, para 22°C na cidade de São Paulo.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

As instabilidades se afastam da região e o ar frio e seco de origem polar ganha força, o que vai garantir o tempo estável na Grande São Paulo. Com isso, o sol aparece e a temperatura fica amena, mas sem fazer calor.

A madrugada de sábado (20) ainda será bem fria, com apenas 14°C, mas o tempo aberto fará com que a temperatura máxima suba um pouco mais e atinja 26°C à tarde.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

A tendência é que o recorde de menor temperatura da cidade no ano seja quebrado nesses dias. A marca atual foi registrada no dia 24 de janeiro, na estação do Mirante de Santana, na zona norte, com 15,8°C.

"A previsão é temperatura mínima baixa nas madrugadas de sexta e sábado. A partir do domingo à tarde já sobe bastante a temperatura, faz calor também na segunda e na terça. Depois terá uma leve queda na quarta-feira (24), mas não tão significativa quanto a desta quinta", comenta o meteorologista Thomaz Garcia, do CGE. 

Garcia explica que essa queda de temperatura em São Paulo é comum nesta época do ano. No entanto, afirma, não é possível prever com muita antecedência a duração exata nem a intensidade do frio. O texto conta com informações da "Folhapress". 

Dayse Moraes, meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), por sua vez, explica que não é a frente fria que diminui a temperatura, mas o que vem depois dela.

"A frente fria leva só a chuva por onde passa. A massa de ar seca e fria que vem na retaguarda é que faz a temperatura ter esse declínio", diz Moraes.

E essa massa de ar deve se dissipar no domingo (21), quando a temperatura máxima já voltará a padrões vistos nesta semana, de 28°C. A madrugada ainda será fresca, com 15°C.

Confira previsão na Capital e Grande São Paulo 

Sexta-feira (19) - Na Capital, máxima de 23°C e mínima de 14°C, sem chance de chuva. Já na região metropolitana, máxima de 23°C e mínima de 14°C, também sem chance de chuva.

Sábado (20) - Na Capital, máxima de 25°C e mínima de 15°C, sem chance de chuva. Já na região metropolitana, máxima de 25°C e mínima de 15°C, também sem chance de chuva.

Domingo (21) - Na Capital, máxima de 27°C e mínima de 16°C, sem chance de chuva. Já na região metropolitana, máxima de 27°C e mínima de 16°C, também sem chance de chuva. O texto conta com informações do "Climatempo".

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Confira o resultado do Timemania no concurso 2098, nesta terça

O prêmio é de R$ 3.000.000,00

Brasil

Confira o resultado do Dia de Sorte no concurso 919, nesta terça

O prêmio é de R$ 550.000,00

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter