X

CENTRO DE SP

Sistema de esgoto do Edifício Martinelli falha e funcionários precisam ir embora

Administração interrompeu fornecimento de água e desativou um dos elevadores após obstrução da rede de esgoto

Bruno Hoffmann

Publicado em 10/07/2024 às 16:34

Atualizado em 10/07/2024 às 17:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Edificio Martinelli, no centro de São Paulo / Leon Rodrigues/Secom

O sistema de esgoto do Edifício Martinelli, no Centro Histórico de São Paulo, voltou a falhar nesta quarta-feira (10/4), o que obrigou parte dos funcionários e servidores a ir para a casa. O primeiro arranha-céu da cidade é um dos pontos históricos da região, e teve o terraço concedido pela prefeitura para a iniciativa privada em 2023.

Segundo uma fonte, que preferiu não se identificar, houve uma reforma recente para o local ampliar os eventos, mas os problemas estruturais seguem acontecendo. Nesta semana haverá pelo menos três eventos com venda de ingressos.

Sem água

De acordo com um documento que a Gazeta teve acesso nesta quarta, assinado pelo administrador e pelo gerente-operacional do arranha-céu, a obstrução da rede de esgoto resultou no retorno de águas residuais.

Como medida emergencial, a administração interrompeu o fornecimento de água de toda a edificação e desativou os elevadores que dão acesso à rua Líbero Badaró. As medidas são temporárias.

“Dado o ocorrido, acionamos a Sabesp em caráter de emergência, que está a caminho para avaliação e posterior resolução do problema. No momento, ainda não temos uma estimativa de quando o fornecimento de água será reestabelecido”, informa a nota.

Edifício tombado

O Martinelli é tombado desde 1992, e características externas e elementos internos do local devem ser protegidos.

A reportagem entrou em contato com a administração do edifício, que preferiu não se pronunciar. A prefeitura também foi contatada, e esta matéria será atualizada caso haja resposta.

Concessão

O Grupo Tokyo venceu a licitação do Edifício Martinelli em 2023, por 15 anos. O valor pago à prefeitura foi de R$ 61,3 milhões.

Além do terraço localizado no 26º andar, foram concedidos os andares 25º, 27º e 28º, além da loja 11, no piso térreo.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Seu Dinheiro

Veja os números sorteados na Lotofácil no concurso 3163, nesta quarta

O prêmio é de R$ 1.700.000,00

Seu Dinheiro

Veja os números sorteados no Super Sete no concurso 574, nesta quarta

O prêmio é de R$ 600.000,00

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter