X

POLÊMICA

Prefeitura de SP trocará piso histórico da cidade por concreto

A gestão Ricardo Nunes (MSB) estipula data das mudanças no centro histórico da capital e recebe críticas

Isabela Moya, ESTADÃO CONTEÚDO

Publicado em 13/05/2022 às 16:38

Atualizado em 13/05/2022 às 16:49

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Este é o resultado esperado para o novo piso nas ruas do centro de São Paulo / Divulgação/SPObras

Um projeto da prefeitura de São Paulo divide opiniões por comprometer a presentação de um dos maiores símbolos da capital paulista: o piso histórico de calçadas na região central. O chamado “mosaico português”, datado da década de 1970. O projeto abrange uma área de cerca de 63 mil m² de 22 ruas do chamado "centro velho".

"As pedras portuguesas serão trocadas por piso de concreto similar ao que há no (Vale do) Anhangabaú", afirma o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras e presidente da SPObras, Marcos Monteiro. A proposta é discutida há mais de uma década, a fim de melhorar a acessibilidade e facilitar a manutenção das vias.

A medida divide opiniões. Críticos consideram a troca das pedras portuguesas por piso de concreto o apagamento de um elemento característico do centro paulistano e um maior investimento em zeladoria seria suficiente. Já defensores ressaltam que a configuração atual é uma barreira para deslocamentos de pessoas com deficiência, por ter desníveis e maior risco de quedas.

O projeto ainda prevê a implementação de acessibilidade universal, de uma nova sinalização turística e da iluminação funcional e cênica, além da instalação da infraestrutura subterrânea de drenagem e instalação de valas técnicas para melhor ordenamento das redes de telecomunicações. O investimento previsto é de R$ 80 milhões. O projeto está em fase de licitação - no próximo dia 20, a Prefeitura realizará a abertura das propostas.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PROPOSTA DE TRANSFERÊNCIA

Vaza oferta oficial de clube inglês por Carlos Miguel, goleiro do Corinthians

Presidente do Timão havia negado a existência da oferta, que acabou sendo confirmada após publicação de jornalista

Recapeamento

Prefeitura de Araraquara abre licitação de R$ 4 milhões para recapear vias

Licitação é do tipo menor preço global e a empresa vencedora foi a Rocha Engenharia e Rodovias LTDA

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter