Publicidade

X
EFEITO INFLAÇÃO

Supermercados de SP já vendem 'bebida láctea' em lugar de leite

O produto contém apenas 40% de soro de leite, mas custa R$ 4,79 o litro

Publicidade

Inflação faz produtos alimentícios 'alternativos' surgirem nos supermercados de SP / Joe Silva/Gazeta de S. Paulo

O Brasil já enfrenta a pior inflação mensal dos últimos 27 anos, mas o pior efeito da crise é aquele que é observado no dia-a-dia do consumidor. Uma rede de supermercados de São Paulo já disponibiliza em suas prateleiras um produto similar ao leite, mas composição diferente. A chamada "bebida láctea" é oferecida como alternativa mais barata em relação ao leite regular, mas custa quase o mesmo preço do leite comum.

A reportagem da Gazeta observou que, na loja da rede de supermercados Paraná, na Grande São Paulo, não há discriminação entre bebida láctea e leite regular. Ambos os produtos compartilham da mesma prateleira e de preços médios muito similares. O produto alternativo é vendido por R$ 4,79 o litro, enquanto a embalagem unitária do leite comum sai, em média, a R$ 4,89.

Um funcionário da loja afirma que o produto é leite, porém mais fraco. No vídeo gravado no último dia 29, o colaborador diz "Não é desnatado, não. É meio que integral mesmo". Veja abaixo:

 

Funcionário do supermercado afirma que o produto é um leite mais fraco. - Vídeo: Gazeta de S. Paulo.

 

A embalagem do produto, da marca Aquila, do fabricante Argenzio, é muito similar às embalagens de leite UHT mais conhecidas. Porém, na parte frontal, e em letras menores, é possível ver a discriminação "Bebida láctea UHT. Contém 40% de soro de leite".

Na lateral se encontra uma mensagem mais clara: "bebida láctea não é leite" seguida por um aviso para não alimentar crianças menores de um ano com o produto. 

Procurada para informar sobre o fato de um produto estar sendo vendido na prateleira de leites e com preço similar, a rede Paraná não respondeu ao contato da Gazeta.

A fabricante Argenzio também foi procurada para responder se a venda do produto é uma resposta à inflação ou eventual demanda de consumidores por um produto alternativo. Veja a resposta da empresa abaixo:

"O produto Bebida Láctea UHT tem Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade (RTIQ) e que esse produto é registrado no Serviço de Inspeção Federal (S.I.F) sob o n°0051 e que os ingredientes presentes nesse produto são 99,9% de origem láctea (leite 59,9% e soro de leite 40%), e que o produto Bebida Láctea UHT Aquila é fabricado a mais de 10 anos.
Não existe determinação da empresa quanto a disposição do produto nos pontos de venda em que é comercializado.
Ressaltamos também que a embalagem deste produto é bastante diferente da embalagem do leite integral, como pode ser observado em nosso site ou in loco, nos locais de venda, como pelo layout da embalagem.
Até o momento não recebemos reclamação em nosso SAC sobre a questão.
Para melhor informação aos seus leitores, o soro de leite é um produto lácteo que traz muitos benefícios, tendo disponível na Internet artigos que podem afirmar a informação e trazer mais conhecimento e melhor entendimento sobre o assunto.
Estamos a disposição para maiores informações, certos de termos sanado todas as questões."  

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Nicolas Vlavianos, que criou esculturas no Arouche e na Sé, morre aos 93 anos

Segundo sua filha, Myrine Vlavianos, o artista passou os últimos seis meses entre idas e vindas do hospital

Saúde

Anvisa determina recolhimento do remédio 'Losartana', usado para tratar hipertensão

Produtos devem ser retirados das farmácias em até 120 dias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software