Publicidade

X

Estado

Suspeitos morrem durante perseguição policial

Três suspeitos de assalto a uma casa morreram durante perseguição policial numa rodovia de Piracicaba, no Interior

Bruno Hoffmann

Publicado em 10/04/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A caminhonete usada na fuga bateu de frente em uma carreta e capotou no km 192, numa alça de acesso ao anel viário de Piracicaba / /Divulgação

Três suspeitos de assalto a uma casa morreram durante perseguição policial na noite de segunda-feira, numa rodovia de Piracicaba, município do interior de São Paulo. A caminhonete usada na fuga bateu de frente em uma carreta e capotou.

Mesmo após o acidente, houve troca de tiros entre os ocupantes do veículo e os policiais. Os suspeitos foram atingidos pelos disparos, mas nenhum policial se feriu. O motorista do caminhão ficou preso nas ferragens e foi levado com ferimentos graves para um hospital da cidade.

A perseguição começou após denúncia de um assalto a uma residência no Jardim São Paulo, em Limeira, cidade da região. Os suspeitos fugiram levando a caminhonete da família. A Força Tática do 36º Batalhão da Polícia Militar (PM) iniciou a perseguição. A caminhonete com os suspeitos seguiu pela rodovia Deputado Laércio Corte (SP-147) em direção a Piracicaba. De acordo com a PM, quando as viaturas se aproximaram com os sinais luminosos acionados, numa praça de pedágio da rodovia, os suspeitos fizeram disparos contra os policiais.

Ainda segundo a PM, houve troca de tiros, mas os suspeitos continuaram a fuga em alta velocidade até colidir com o caminhão e capotar a caminhonete no km 192, numa alça de acesso ao anel viário de Piracicaba.

Mesmo com o veículo tombado, os suspeitos teriam feito novos disparos, segundo relatou à Polícia Civil o tenente Bruno da Costa, que estava no comando da ação. "Foram escutados mais disparos de dentro do veículo em direção aos policiais, o que motivou nosso revide", disse. O
para-brisa da viatura ficou com marcas de tiros.

Conforme a PM, na caminhonete foram apreendidas duas armas, além de celulares e joias que teriam sido roubados da residência. Os corpos dos suspeitos, que até a manhã desta terça-feira não tinham sido identificados, foram levados para perícia no Instituto Médico Legal (IML) de Piracicaba. Conforme a Polícia Civil, os laudos devem indicar se as mortes foram ocasionadas por ferimentos decorrentes do acidente ou pelos disparos feitos pelos
policiais.

As armas encontradas com os suspeitos foram apreendidas para perícia. As armas usadas pelos policiais também serão periciadas O motorista do caminhão foi levado pelo serviço de resgate do Corpo de Bombeiros para o Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC), de Piracicaba. Até a publicação desta matéria não havia informação sobre o estado de saúde dele. (EC)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CASOS EM ALTA

Dengue: grávidas e bebês podem usar repelentes?

Na busca por proteção, a procura por repelentes aumentou nas farmácias de todo o País; dermatologista orienta sobre o uso

DIA DO COMEDIANTE

Conheça influenciadores de humor que estão em alta na internet

Para o Dia do Comediante, a Gazeta separou cinco perfis do Instagram que estão em alta entre os usuários da rede social

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter