X

CASOS DE DENGUE

UBSs de São Paulo abrem sábado para atender suspeitas de dengue

A Secretaria Municipal da Saúde adquiriu 200 mil testes rápidos para o diagnóstico da doença

PATRÍCIA PASQUINI - FOLHAPRESS

Publicado em 02/02/2024 às 12:44

Atualizado em 02/02/2024 às 12:49

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Itaquera, na zona leste, tem 188 casos e incidência de 88 / Fernando Frazão/Agência Brasil

No sábado (3), todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade de São Paulo estarão de portas abertas para o atendimento a pessoas com sintomas de dengue. São eles dores no corpo, nas articulações, atrás dos olhos e de cabeça, além de febre alta, mal-estar, falta de apetite e manchas vermelhas no corpo.

A Secretaria Municipal da Saúde adquiriu 200 mil testes rápidos para o diagnóstico da doença.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.


De acordo com a pasta, o encaminhamento de casos graves para os hospitais municipais, se necessário, seguirá fluxo de prioridade clínica, conforme avaliação médica.

As unidades funcionarão das 8h às 17h. É possível procurar a unidade de saúde mais próxima da residência na plataforma Busca Saúde clicando aqui.

O último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria da Saúde mostra que o distrito de Jaguara, na zona oeste, já é epidêmico para a dengue. Até 22 de janeiro, foram contabilizados 127 casos, com coeficiente de incidência - critério do Ministério da Saúde para a classificação desse tipo de doença em relação à população - de 534,5. Acima de 300 é considerado epidemia.

Itaquera, na zona leste, tem 188 casos e incidência de 88. No mesmo período, a cidade contabiliza 1.792 casos com incidência de 14,9.

Há três níveis de incidência: baixa, com menos de 100 casos por 100 mil habitantes; média, de 100 e 300 casos por 100 mil habitantes; e alta, com mais de 300 casos por 100 mil habitantes.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Transportes

SPTrans abre Licitação para centralizar arrecadação bilionária do Bilhete Único

Empresa busca instituição financeira para gerenciar cerca de R$ 7,2 bilhões arrecadados anualmente com o Bilhete Único

NEGÓCIOS e economia

Fusão com Grupo Soma: Arezzo&Co; muda nome para Azzas 2154

Nova denominação faz parte da fusão com o Grupo Soma e ações serão negociadas na B3 sob o ticker "AZZA3"

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter