Publicidade

X
APLICATIVO DE ENTREGA

Vereador de SP quer app de entrega de alimentos a população de baixa renda

PL do vereador Alfredinho (PT) prevê ainda que os restaurantes deverão garantir a possibilidade de pagamentos melhores aos entregadores

Publicidade

vereador Alfredinho, do PT / Reprodução/Facebook

Um projeto de lei na Câmara Municipal de São Paulo pretende criar um aplicativo para entrega de alimentos à população de baixa renda com valores considerados acessíveis. A proposta também quer aumentar o pagamento aos entregadores. A iniciativa é do vereador Alfredinho (PT).

O PL 221/2022, que ainda tramita em comissões da Câmara, prevê que os restaurantes que quiserem se cadastrar deverão garantir a possibilidade de pagamentos melhores por entrega e maior oferta de vagas para os entregadores, além de melhores preços para os clientes e estímulo à economia local.

Leia Também

• Após julgamento da 3ª Turma do TST, Uber deve assinar carteira de motorista

Alfredinho destaca na justificativa do projeto que “grande parte das compras de alimentos são realizadas por meio de aplicativos, estes na maioria das vezes possuem valores altos e excessivos, assim fazendo com que poucas pessoas possam ter acesso a estes pedidos de alimentos”.

O vereador ainda argumenta que a proposta irá gerar empregos  para os entregadores e para os profissionais que possivelmente serão contratados por estes estabelecimentos devido ao aumento de demanda em seus comércios.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Inclusão

TRF suspende liminar que obrigava IBGE a incluir orientação sexual no Censo

Instituto argumenta que não teria tempo hábil nem orçamento suficiente para fazer o acréscimo das perguntas de forma adequada no levantamento

CPI do MEC

Suspeita de interferência de Bolsonaro aumenta pressão por CPI do MEC

A oposição no Senado ainda tenta engrossar com ao menos mais dois nomes o requerimento para criação de uma CPI do MEC

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software