X

PREVENÇÃO A SAÚDE

4 dicas para fortalecer a imunidade durante o outono

Descubra como a chegada do outono afeta sua saúde e aprenda estratégias eficazes, reforçando seu sistema imunológico com hábitos saudáveis

Nathalia Fruchi

Publicado em 29/03/2024 às 20:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Suplementação de vitaminas e se manter hidratado pode ser a chave para ficar saúdavel no outono / DC Studio/Freepik

Com a chegada do outono, fica claro que a transição de estação pode acabar influenciando diretamente a saúde da população, já que a tendência no verão são temperaturas mais quentes, enquanto no outono acontece a diminuição gradual das temperaturas, levando muitas pessoas a sofrerem com essa mudança. 

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Segundo um estudo do ResearchGate, doenças respiratórias, como bronquite, DPOC (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica) e enfisema, são diretamente afetadas com as mudanças climáticas, prejudicando a saúde respiratória.

Essa tendência pode acontecer por conta do maior tempo passado em ambientes fechados, onde os vírus podem se espalhar mais facilmente, e também devido à redução da umidade do ar do período.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Para combater esses desafios e fortalecer o sistema imunológico, adotar hábitos saudáveis na transição para o outono é essencial. Priscila Bernardes, coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Newton Paiva, revelou algumas dicas para ficar com a saúde em dia e não se complicar quando as temperaturas mais baixas chegarem: 

  1. Vitamina C: Uma dieta equilibrada, rica em frutas, verduras e legumes, pode fornecer os nutrientes necessários para apoiar a saúde imunológica. Alimentos como laranja, acerola, kiwi e brócolis são excelentes fontes de vitamina C, um poderoso antioxidante que ajuda na prevenção de doenças. 
     
  2. Suplementação de Vitaminas: A suplementação de vitaminas pode ser considerada uma boa opção, especialmente para quem tem dificuldade em obter todos os nutrientes necessários apenas pela alimentação, ou de forma natural, como tomar sol. 
     
  3. Hidratação: Além da alimentação, manter-se hidratado é fundamental, especialmente em um período em que o clima começa a ficar mais seco. A água é sempre a nossa melhor aliada, você também pode complementar seu consumo de líquidos com um chá quentinho ou sopas leves, pontua a especialista. A ingestão de líquidos ajuda a manter as vias aéreas úmidas, facilitando a defesa contra agentes patogênicos. 
     
  4. Atividade física: A prática regular de atividade física também desempenha um papel crucial na manutenção da saúde. Não só fortalecendo o sistema imunológico, mas também a qualidade do sono, além de reduzir os níveis de estresse, fatores cruciais para um bom funcionamento do organismo. Uma opção é aproveitar as temperaturas amenas e as paisagens transformadas pelas cores do outono, para fazer caminhadas ao ar -livre.

Para a especialista, as pessoas não podem subestimar a importância de hábitos simples, como lavar as mãos frequentemente e usar roupas adequadas para se proteger do frio.

“Essas medidas, embora básicas, são eficazes na prevenção de doenças comuns do outono. Adotar esses hábitos não só pode ajudar a navegar pela transição das estações com mais saúde, mas também estabelecer a base para um bem-estar duradouro ao longo do ano,” finaliza.

*Texto sob supervisão de Matheus Herbert.
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Reforma no interior

Prefeitura de Nova Europa abre licitação de R$ 360 mil para reforma de escola municipal

Início de recebimento das propostas será a partir do dia 18 de junho e da disputa de preço será dia 2 de julho

PROPAGANDA ANTECIPADA

Pré-candidata do Novo critica valor de multas a Lula e Boulos

TRE-SP condenou Lula a pagar R$ 20 mil por propaganda antecipada, enquanto Boulos foi multado em R$ 15 mil

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter