X

Mal-assombrado

Entenda a fama de mal-assombrado do Vale do Anhangabaú e por que muitos o evitam

O lugar é visto como mal-assombrado devido a uma combinação de lendas urbanas, histórias trágicas e crenças indígenas

Da Reportagem com Jeferson Marques

Publicado em 10/07/2024 às 14:15

Atualizado em 19/07/2024 às 11:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Em tupi, Anhangabaú significa 'água do mau espírito' / Agência Brasil

O Vale do Anhangabaú é considerado um dos lugares mal-assombrados de São Paulo devido a uma combinação de lendas urbanas, histórias trágicas e crenças indígenas antigas. E você sabia que existem pessoas que não gostam sequer de passar pelos arredores do local durante a noite? Entenda por que abaixo.

Mal-assombrado

No subsolo do Anhangabaú passa um rio, chamado de "Rio Anhangabaú", que deu nome ao local. Em tupi, Anhangabaú significa "água do mau espírito", e recebeu este nome por causa da quantidade de peixes que morriam ao passar por este trecho.

A lenda do Vale do Anhangabaú ser mal assombrado vem da época da chegada dos europeus à SP. Segundo a história, os índios escravizados que tentavam se libertar eram mortos no local e tinham seus corpos jogados do córrego (o rio submerso, lembra?).

Há outras versões, porém, todas tratam da morte dos nativos.

Não são poucos os relatos de pessoas que dizem não se sentir bem ao passar pelo lugar. Algumas afirmam, inclusive, que ouvem vozes, gemidos e até gritos vindos do parque.

Durante a noite, segundo a crendice popular, é possível ouvir com mais clareza os ruídos que ecoam do Vale do Anhangabaú. E, para quem já os escutou, falam que são perturbadores.

Até vultos entre as sombras do local já foram relatados em redes sociais. É de gelar a espinha, não é?

História

Entretanto, o local se mostra como uma excelente opção para quem deseja descansar um pouco em meio ao caos de SP, já que oferece um verde muito bonito, jardins, chafarizes e sua vista para a "selva de pedras" da capital paulista é deslumbrante. O Vale do Anhangabaú rende, sem dúvidas, boas fotos e selfies.

No lugar, antes de São Paulo se tornar o que é hoje em dia, tinha uma grande plantação de chás. Porém, em 1981, ele foi transformado no parque que a maioria das pessoas conhece (ou teme) nos dias atuais.

Tragédias do Vale do Anhangabaú

O Vale do Anhangabaú é cenário de algumas das maiores tragédias da história de São Paulo. Entre os eventos mais marcantes estão:

Castelinho da Rua Apa (1937)
Crime do Poço (1948)
Assassinato no Edifício Martinelli (década de 1960)
Incêndio no Edifício Andraus (1972)
Incêndio no Edifício Joelma (1974)

E você, tem medo do Vale do Anhangabaú? Já viu ou ouviu algo sinistro por lá?

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Estado

Sistema Anchieta-Imigrantes tem tranquilidade; entenda

Informação foi compartilhada pela Ecovias

Lançamento

Nova geração da XRE 300 chega as concessionárias em agosto; confira

Depois de um hiato de 15 anos, a Tornado voltará ao mercado unindo a essência clássica que a tornou famosa às tecnologias modernas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter