X

DOCUMENTO DE IDENTIDADE

Novo RG: O que mudou e como fazer o novo documento

Com o fim do número de RG e uma identificação única por meio do CPF, a Gazeta explica as mudanças e as possíveis dúvidas dos interessados

Leonardo Sandre

Publicado em 26/02/2024 às 11:47

Atualizado em 26/02/2024 às 13:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Novo documento de identidade no Brasil, válido em todo o território nacional / Divulgação/Gov.br

A nova carteira de identidade foi liberada para todos os estados brasileiros em 6 de novembro de 2023, e São Paulo passou a emitir o documento no fim de janeiro deste ano. Com o fim do número de RG e uma identificação única por meio do CPF, válída em todo o Brasil, a Gazeta explica as mudanças e as possíveis dúvidas dos interessados. Veja abaixo.

 

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

 

O que é o RG único?

O RG único é um documento que inclui todas as informações do cidadão. Com o fim do número de RG, será utilizado o CPF como número de identificação. A nova carteira de identidade é válida para todo o teritório nacional, em modelo único, com duas versões: física e digital. Ou seja, caso o cidadão esqueça o documento de forma física, poderá apresentá-lo de forma digital por meio de seu aparelho.

 

 

A mudança para a nova Carteira de Identidade é obrigatória?

Todos os cidadãos que têm até 60 anos devem fazer a troca. Todavia, para quem havia renovado recentemente os documentos de identidade ainda no modelo antigo,  poderão permanecer os utilizando de forma válida até 28 de fevereiro de 2032.  Com isso, a população terá tempo um prazo longo para conseguir se adequar ao novo modelo. Entretanto, cada documento só será válido por 10 anos, por isso é necessário estar atento à data de expedição.

 

O número do CPF vai mudar?

Para quem já tem um CPF está liberada a solicitação do RG único, permacendo com o mesmo número de sempre. Já para quem ainda não realizou a inscrição para o CPF, poderá solicitar ao órgão de identificação local, seguindo as regras estabelecidas pela Receita Federal.

 

O que muda com a implantação da nova carteira de Identidade?

O objetivo com a mudança é que o número de CPF passe a ser o número único de identificação do cidadão no País.

Algumas das mudanças são:

  • A nova carteira possui um QR Code que permite verificar a autenticidade do documento e saber se foi furtado ou extraviado, por meio de qualquer smartphone. extraviado, por meio de qualquer smartphone;
  • Tem o mesmo código internacional usado em passaportes, o chamado MRZ. Assim, pode ser utilizada como documento de viagem;
  • Pode ser emitida em papel, policarbonato (plástico) ou digital (pelo aplicativo GOV.BR).
Detalhes do "novo RG"/Agência Brasil

 

Como fazer a nova carteira de identidade?

A emissão deste documento é de responsabilidade das secretarias de Segurança Pública de cada Estado. Ao receber o pedido, o órgão validará a identificação pela plataforma do governo federal, o Gov.br.

A partir do momento em que receber o documento em papel ou policarbonato (plástico), o cidadão poderá acessá-lo também pelo aplicativo Gov.br.

A emissão do novo documento é totalmente gratuita. O cidadão não deve pagar nada para ter o novo documento.

 

É possível fazer tudo isso pela internet?

É possível realizar o agendamento para a emissão do novo RG pela internet.  A confecção do documento é feita presencialmente em um local autorizado.

Alguns estados (como São Paulo) permitem agendar a confecção do RG on-line. Para isso, é necessário apenas preencher um formulário com informações como nome completo, CPF e estado civil. 

 

Como tirar o novo documento?

É necessário realizar um agendamento exclusivo pelo aplicativo para celulares Poupatempo SP.GOV.BR. No data agendada, os cidadãos devem se dirigir ao local escolhido levando consigo a certidão de nascimento ou de casamento.

No estado de São Paulo, para solicitar a CIN será necessário preencher alguns requisitos, como:

  • Ter uma conta gov.br no nível prata ou ouro;
  • Ser maior de 16 anos;
  • Estar em situação regular na Receita Federal;
  • Não ter outra solicitação da CIN em andamento.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

sorte grande

Aposta de Itupeva, interior de SP, leva R$ 14 milhões pela Quina

O próximo sorteio será hoje e tem prêmio estimado em R$ 700 mil; veja o bairro da aposta que ganhou o último concurso

loterias

Fique ligado! Mega-Sena sorteia hoje 37 milhões

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do País ou pela internet; aposta mínima custa R$ 5

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter