X

BASTIDORES DOS RESGATES

Voluntário conta experiência no RS e relembra salvamento de idoso; veja vídeo

Robson da Cruz, de 34 anos, está há mais de uma semana no Estado e já resgatou pessoas e animais

Lucas Souza

Publicado em 10/05/2024 às 18:30

Atualizado em 10/05/2024 às 18:54

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Um idoso, de 84 anos, foi resgatado pelo telhado da casa própria casa, em Canoas, na Grande Porto Alegre. / Arquivo Pessoal

Robson da Cruz, de 34 anos, trabalha como guarda-vidas em Tramandaí, no litoral do Rio Grande do Sul, e há mais de uma semana está atuando no resgate de pessoas e animais, vítimas das enchentes que assolam o Estado.

Siga a Gazeta nas redes sociais e mantenha-se bem informado!

Junto de colegas da profissão, Robson já passou por Montenegro, Canoas, Porto Alegre e deve visitar São Leopoldo nos próximos dias.

A equipe conta com barcos e uma prancha de stand up paddle para realizar resgates. Com auxílio de uma câmera acoplada no capecete, o guarda-vidas registrou todos os salvamentos feitos por ele e seu grupo.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Em entrevista ao “G1”, Robson disse que atuará como voluntário “Até acabar as buscas pelas pessoas, vivas e mortas”.

Caso emblemático

No último sábado (4), Robson resgatou um idoso, de 84 anos, pelo telhado da casa da vítima, em Canoas, na Grande Porto Alegre. Confira vídeo.

Após o resgate, seu Eronel Rodrigues foi levado a um abrigo, onde recebeu uma bolsa de colostomia, que precisava devido a sua condição física.

Na última quarta-feira (8),  o idoso agradeceu seus salvadores. “Agradeço pelos salvamentos, vocês são muito simpáticos e de muita coragem”.

*Texto sob supervisão de Diogo Mesquita

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Vai subir?

Véspera de feriado: confira como está o trânsito na subida à capital

Rodovia dos Imigrantes com trânsito fluindo bem nos dois sentidos; Cônego Domênico Rangoni está com congestionamento pelo excesso de veículos entre os km 262 e 267

Esportes

Corinthians atropela o Racing-URU e se garante nas oitavas da Sul-Americana

Classificação às oitavas rende R$ 3 milhões aos cofres do clube, R$ 500 mil a mais do que seria com a vaga nos playoffs

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter