últimas notícias
Guarulhos e Taboão da Serra são os dois municípios com maior representatividade feminina
Guarulhos e Taboão da Serra são os dois municípios com maior representatividade feminina
Foto: CYNTHIA GONÇALVES

Taboão volta a discutir hoje Orçamento

Desde dezembro do ano passado os vereadores discutem uma série de emendas

Os vereadores de Taboão da Serra, na região sudoeste da Grande São Paulo, voltam a discutir na manhã de hoje (21) o orçamento municipal deste ano. O impasse, desde dezembro, engessa o governo que precisa administrar os gastos utilizando um doze avos da arrecadação. Os vereadores apresentaram uma série de emendas que continuam sendo discutidas.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Marcos Paulo, disse que apesar de não haver consenso ainda, existe um clima de tranquilidade dentro do parlamento. "Vamos chegar a um acordo, tenho certeza disso, estamos todos empenhados em fazer um orçamento melhor e que tenha como prioridade a saúde, educação e segurança", afirmou.

Os vereadores apresentaram cerca de 70 emendas ao orçamento, entre elas as impositivas. Todas elas receberam os pareceres necessários para que as emendas tramitassem e fossem para votação em plenário. A previsão orçamentária de 2020 para Taboão está em torno de R$ 900 milhões.

Assim como a votação do orçamento de 2019, as discussões se estendem. No começo do ano passado, vereadores que faziam oposição travaram os debates sobre o orçamento, e só chegaram a um acordo em 10 de janeiro. No dia 14 do mesmo mês, o Tribunal de Justiça confirmou o orçamento de R$ 860 milhões.

Já esse ano, o cenário é diferente, o que dificulta a discussão do orçamento é a eleição municipal. O legislativo de Taboão conta com 13 vereadores, cinco do PSDB, mesmo partido do prefeito Fernando Fernandes. Coligações, cargos, mudanças de partido e possíveis chapas já são debatidas.

Tops da Gazeta