últimas notícias
O motorista foi preso pelos crimes de homicídio culposo na direção de veículo automotor e por dirigir com a CNH vencida
O motorista foi preso pelos crimes de homicídio culposo na direção de veículo automotor e por dirigir com a CNH vencida
Foto: Reprodução/TV Diário

Justiça de SP mantém preso motorista que matou dois

Wellington Costa foi detido depois de bater o veículo com uma moto, na Estrada das Varinhas, na noite da segunda (20). Na moto estavam dois jovens, de 21 e 25 anos, que morreram no local

A prisão em flagrante de um motorista suspeito de dirigir embriagado, que se envolveu em um acidente com dois mortos, foi convertida em preventiva durante audiência de custódia na última quarta-feira (22), no Fórum de Mogi das Cruzes.

Wellington Costa, de 37 anos, foi detido depois de bater o veículo com uma moto, na Estrada das Varinhas, na noite da segunda-feira (20). Na moto estavam dois jovens, de 21 e 25 anos, que morreram ainda no local.

O motorista foi preso pelos crimes de homicídio culposo (sem intenção) na direção de veículo automotor e por dirigir com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida. Na decisão, o juiz Paulo Fernando Deroma de Mello cita ainda que, em tese, o motorista estaria ainda sob efeito de álcool.

O advogado de Costa, Dario Risinger disse que a decisão é injusta e que vai entrar com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

 

Tops da Gazeta