últimas notícias
A passagem mais cara entre as cidades que compõem a região sudoeste da Grande SP chegou a R$ 12,80
A passagem mais cara entre as cidades que compõem a região sudoeste da Grande SP chegou a R$ 12,80
Foto: EDUARDO TOLEDO/O TABOANENSE

Após reajuste de tarifa, EMTU divulga novidades para Taboão e Embu

Reprogramação da EMTU é anunciada após reajuste de 5,25% no valor das tarifas, o que causou muitas reclamações dos usuários

A partir do próximo sábado, 1º, entra em operação a nova programação estabelecida pela EMTU/SP (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo) para quatro linhas metropolitanas das cidades de Taboão da Serra e Embu das Artes. A reprogramação incluirá aumento de frota, de partidas e prolongamento de horários. De acordo com a empresa, as mudanças favorecerão cerca de 15 mil pessoas que utilizam esses serviço diariamente na região.

A novidade foi anunciada após um reajuste alto de tarifa. Desde domingo (26) os moradores da região metropolitana de São Paulo estão pagando mais caro na tarifa dos ônibus intermunicipais. Com um reajuste de 5,25%, os valores dispararam e a passagem mais cara entre as cidades que compõem a região sudoeste da Grande São Paulo chegou a R$ 12,80, com a linha 282 (Terminal Rodoviário Juquitiba/Terminal Rodoviário Tietê). Além da alta impactar o orçamento das famílias, os passageiros cobram melhorias, como integração entre as linhas e aumento da frota.

"Ano passado já teve um reajuste, este ano novamente. Tudo isso fica pesado no bolso do trabalhador. Se uma pessoa ganha um salário mínimo, em torno de R$ 1 mil, não dá para gastar cerca de R$ 300 por mês com o transporte", disse Mariete Santana, moradora de Itapecerica da Serra. No ano passado a tarifa da linha 032 (Itapecerica da Serra/Parque Paraíso - Pinheiros/São Paulo) custava R$ 5,45 e passou para R$ 5,80.

A Gazeta apurou que a linha 079 (Taboão da Serra/Jardim São Judas Tadeu - Pinheiros/São Paulo) passou para R$ 5,65. Já a 078 (Embu das Artes/Parque Pirajussara - Pinheiros/São Paulo) subiu para R$ 5,80. A linha 191 (Taboão da Serra/Parque Pinheiros - Metrô Butantã) subiu para R$ 5,15.

"Há muito tempo ouvimos histórias de que implantariam integração entre as linhas, mas nunca aconteceu. Um valor alto como esse deveria ter integração, além de mais ônibus em circulação", diz a estudante Carol Campos, de 25 anos, moradora de Taboão da Serra.

De acordo com a EMTU, os valores variam conforme os trechos percorridos. Todos os valores podem ser consultados em www.emtu.sp.gov.br.

NOVIDADES.

De acordo com a EMTU, a linha 068 terá o acréscimo de sete viagens, no sentido (Parque Laguna) Taboão da Serra -- (Pinheiros) São Paulo, aumentando o número de partidas de 18 para 25 nos dias úteis. Além disso, o início da operação será antecipado para as 4h40, meia hora mais cedo. Já o horário de funcionamento será estendido em 55 minutos, até as 23h40.

Na 178BI1, serão mais nove viagens, cinco no sentido (Nossa Senhora de Fátima) Embu das Artes e quatro para o Metrô Campo Limpo, o que totaliza 111 partidas por dia. O primeiro horário em direção a São Paulo será adiantado para as 04h15. Na cidade de Embu será às 4h45. Com a mudança, a operação começará 15 minutos mais cedo.

Os moradores do bairro Jardim São Judas Tadeu, em Taboão da Serra, serão favorecidos com dois ônibus a mais e aumento de cinco viagens diárias na linha 245. Esse serviço passará a fazer 205 viagens por dia útil. A operação será antecipada em cinco minutos nas duas direções com partida às 4h15 em Taboão e 4h45 no Metrô Campo Limpo.

Haverá acréscimo de um coletivo e de 23 viagens em dias úteis na linha 834, sendo 11 no sentido Metrô Campo Limpo e 12 para o Jardim Saint Moritz, em Taboão da Serra. Agora, serão sete veículos que realizarão 137 partidas diárias. O horário de operação também será estendido de 23h20 para 23h30 e 23h45 para 1h10, respectivamente.

Comentários

Tops da Gazeta