últimas notícias
A chuva intensa que caiu em Taboão da Serra foi uma das maiores registradas na história da cidade e causou estragos
A chuva intensa que caiu em Taboão da Serra foi uma das maiores registradas na história da cidade e causou estragos
Foto: RICARDO VAZ/PREFEITURA MUNICIPAL DE TABOÃO DA SERRA

Famílias terão isenção de IPTU após enchentes em Taboão

De acordo com a prefeitura, o contribuinte que teve seu imóvel afetado pela enchente deve-se dirigir ao ATENDE para solicitar a isenção do imposto

Os moradores de Taboão da Serra que tiveram suas residências atingidas por enchentes poderão solicitar a isenção e remissão do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). A legislação municipal, desde o ano de 2013, prevê o pedido.

Através de uma nota oficial a prefeitura informou que "em geral, o contribuinte que tiver seu imóvel afetado por enchente deve se dirigir ao ATENDE e solicitar a isenção do imposto. Fotos e vídeos podem ser anexos ao processo como prova de que houve damos aos imóveis e bens materiais".

Sobre os documentos necessários para que o morador dê entrada na solicitação de isenção do IPTU, a prefeitura de Taboão da Serra informou que "são necessários RG e CPF - originais e cópia simples; cópia do Contrato de compra e venda com firma reconhecida ou escritura ou matrícula atualizada do imóvel ou Formal de partilha". Mesmo o contribuinte que já pagou o IPTU neste ano, ou que já recebeu o carnê, pode solicitar a remissão do imposto.

FORTE CHUVA

A chuva intensa que caiu durante a madrugada da última segunda-feira em Taboão da Serra foi uma das maiores registradas na história da cidade. Segundo a Defesa Civil, em quatro horas choveu 143mm, cerca de 65% do esperado para todo mês de fevereiro no município.

O rescaldo realizado pela Defesa Civil apontou que 183 famílias foram atingidas pelas chuvas e pelo menos 10 casas foram interditadas com risco de desabamento.

ABC

Além das quatro mortes no centro Oeste Paulista no início desta semana, um homem morreu em São Bernardo do Campo, na semana passada. Gilvan Pereira de Jesus, 33 anos, desapareceu após ser arrastado pelas chuvas que caíram em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, na tarde de sábado. Os bombeiros localizaram o corpo da vítima no domingo.

A vítima foi arrastada, com outras três pessoas para o córrego Saracantan.

Tops da Gazeta