últimas notícias
A Volkswagen é uma das empresas que fecharam acordos baseados na MP 936
A Volkswagen é uma das empresas que fecharam acordos baseados na MP 936
Foto: Divulgação/Volkswagen

Mais de 40 mil metalúrgicos aderiram à jornada reduzida no ABC

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC comemora que as perdas nos salários líquidos minimizaram

A Medida Provisória (MP) 936 permite a redução da jornada com corte nos salários ou a suspensão dos contratos de trabalho. No ABC Paulista, quase 43 mil metalúrgicos aderiram à jornada e fecharam acordos baseados na medida.

Nesta situação, funcionários receberão benefício emergencial do governo para amortecer parte da perda na renda da família durante a pandemia do novo coronavírus.

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC informou que, dos 68 mil trabalhadores que compõem sua base (espalhada por São Bernardo, Diadema, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra), 28 mil aderiram à MP 936. A lista inclui 24 empresas, entre elas, Mercedes-Benz, Volkswagen e Toyota.

Com a crise prolongada, o esquema de férias coletivas e banco de horas para manter seus trabalhadores em isolamento social não foi suficiente.

O sindicato comemora que, com as negociações as perdas nos salários líquidos minimizaram. A Mercedes-Benz suspenderá contratos de 6 mil trabalhadores por dois meses, metade em maio e junho e o restante em julho e agosto. A montadora vai preservar de 80% a 100% dos salários líquidos. A empresa vai complementar a ajuda emergencial bancada pelo governo.

SANTO ANDRÉ.

O Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André e Mauá, informou que 6 mil dos 12 mil trabalhadores de sua base aderiram à Medida Provisória. Paranapanema e Maxion, ambas de Santo André, figuram entre as empresas com as quais a entidade intermediou acordos.

O diretor do sindicato Adilson Torres, o Sapão, destacou que, na Paranapanema, os trabalhadores com contratos sus¬pensos terão o benefício emergencial pago pelo governo complementado pela empresa. “Para os salários até R$ 3 mil praticamente não haverá perdas e, em alguns casos, haverá até algum ganho”, afirmou.

Na Maxion, os funcionários receberão vale-alimentação no valor de R$ 250 da companhia.

SÃO CAETANO.

No início do mês, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano fechou um acordo que prevê a suspensão por dois meses para os trabalhadores da produção e redução da jornada para os administrativos com a General Motors, que emprega 8 mil pessoas.

Entretanto, a empresa decidiu utilizar e aplicar e a MP 939 a pedido do sindicato. As regras foram mantidas
O presidente do sindicato, Aparecido Inácio da Silva, o Cidão, informou que outros 800 metalúrgicos da cidade fecharam acordos com base na MP.

 

Comentários

Tops da Gazeta