últimas notícias
Hospital de Urgência em São Bernardo é destinado aos casos de coronavírus; cidade contabiliza 2.925 casos confirmados do vírus
Hospital de Urgência em São Bernardo é destinado aos casos de coronavírus; cidade contabiliza 2.925 casos confirmados do vírus
Foto: DIVULGAÇÃO

ABC Paulista registra 601 mortes por coronavírus

Cidade com mais óbitos é o município de São Bernardo do Campo com 225 mortes

A região do ABC Paulista contabilizava até a tarde desta quarta-feira (3) 601 mortes pelo novo coronavírus (Covid-19). A cidade com mais óbitos é o município de São Bernardo do Campo com 225 mortes e 2.925 casos confirmados do vírus. Os dados são do governo estadual e podem ser acessados no site www.seade.gov.br/coronavirus.

Os números podem ser maiores, já que muitos pacientes morrem sem ter a confirmação da doença por exames. Sem contar que muitas vezes existe uma demora na notificação entre prefeitura e o governo estadual.

Em segundo lugar, o município de Santo André contabilizava até a quarta-feira 2.607 casos confirmados de covid-19 e 145 mortes. A cidade de Diadema, com mais de 423 mil habitantes, registrava 89 mortes e 1.343 casos confirmados da doença.

O município de Mauá também registrou uma alta de contaminados nos últimos dias. A cidade contabilizava até o último balanço oficial 77 mortes e 1.147 casos confirmados de coronavírus.

Já São Caetano do Sul contabilizava 718 casos confirmados e 40 mortes, segundo o balanço estadual. A Prefeitura diz que são 1.169 casos e 44 mortes.

Os municípios de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra fecham o ranking de mortes na região. As cidades contabilizam 17 e 8 mortes respectivamente.

LEITOS DE UTI.

No site da Secretaria Estadual também é possível acessar a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados para o tratamento de pacientes com Covid-19. No Estado, a ocupação era de 71%, já na Grande SP, 83,2%.

Na última segunda-feira, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na Capital era de 62%.

Não é possível verificar a evolução da taxa porque a prefeitura não divulga diariamente a lotação das UTIs da Capital. Já o Governo do Estado publica todos os dias a taxa de ocupação na Grande São Paulo e em todo o Estado.

Comentários

Tops da Gazeta