últimas notícias
Os equipamentos serão destinados aos pacientes contaminados pelo novo coronavírus 
(Covid-19)
Os equipamentos serão destinados aos pacientes contaminados pelo novo coronavírus (Covid-19)
Foto: RICARDO VAZ / DIVULGAÇÃO

Taboão da Serra amplia leitos de emergência com a chegada de novos respiradores

Taboão da Serra tem 637 casos de Covid-19, e o número total de mortes é de 117; os dados são do boletim do último domingo, 14

O município de Taboão da Serra recebeu na última semana cinco novos respiradores. Os equipamentos serão destinados aos pacientes contaminados pelo novo coronavírus (Covid-19).

Com os novos aparelhos, o Hospital de Campanha, local para onde os moradores com suspeitas de contágio devem se dirigir, passou a contar com sete respiradores. Ao todo, o espaço tem capacidade para 67 internações simultâneas.

Desde que o Hospital de Campanha entrou em operação, no dia 6 de abril, mais de 6.700 pacientes foram atendidos no local. “Após passar por uma classificação de risco e ser encaminhado para consulta médica, o profissional responsável define, baseado nas informações que colheu, se o paciente deve ser medicado e voltar para casa, ficar em observação no Hospital de Campanha ou ser encaminhado para uma unidade de terapia intensiva”, explica secretária de Saúde de Taboão, Dra. Raquel Zaicaner.

Além do Hospital de Campanha, a Unidade de Pronto Atendimento Akira Tada foi destinada exclusivamente a pacientes com Covid-19 que estejam em estado grave.

As Unidades Básicas de Saúde, o Hospital Geral do Pirajussara e o Pronto-Socorro Antena têm atendido as outras demandas.

BALANÇO OFICIAL.

Taboão da Serra tem 637 casos de COVID-19, e o número total de mortes é de 117. Os dados são do boletim do último domingo, dia 14, divulgado pela Secretaria de Saúde. Nas últimas 48 horas foram 24 novos casos confirmados no município e seis mortes.

Ainda segundo o boletim, 356 pacientes já estão curados do vírus, 212 ainda aguardam resultado de exames e 419 já foram descartados. Até a manhã deste domingo, 164 pessoas estavam em acompanhamento e 18 seguiam internadas no Hospital de Campanha.

 

Comentários

Tops da Gazeta