últimas notícias
O fogo teve início por volta das 21h30, no almoxarifado do hospital, em uma ala anexa, do lado externo do prédio
O fogo teve início por volta das 21h30, no almoxarifado do hospital, em uma ala anexa, do lado externo do prédio
Foto: REPRODUÇÃO

Produtos inflamáveis podem ter causado incêndio em almoxarifado da Santa Casa

Incêndio atingiu uma parte da Santa Casa do município na noite da última sexta-feira (7); causas ainda são investigadas e ninguém ficou ferido

O Corpo de Bombeiros divulgou nessa segunda-feira que produtos com alto teor de combustão, como álcool em gel e papel, podem ter causado o incêndio que atingiu a Santa Casa de Suzano, na última sexta-feira. O fogo teve início por volta das 21h30, no almoxarifado do hospital, em uma ala anexa, do lado externo do prédio. Ninguém se feriu.

O Corpo de Bombeiros ainda informou que sete viaturas atenderam a ocorrência. De acordo com a corporação, os bombeiros contiveram as chamas em meia hora e o rescaldo durou cerca de cinco horas.

A Prefeitura informou que, de acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), o fogo foi de baixa proporção e a origem ainda é desconhecida. Segundo a administração uma perícia deve descobrir o que provocou o incêndio.

O interventor da Santa Casa, Cid Cury, afirma que um funcionário percebeu a fumaça no almoxarifado. "Rapidamente, ele chamou o segurança e arrombaram a porta e começaram a trabalhar com os extintores. Mas como lá tem muito álcool, muito material inflamável, não foi possível conter alguma coisa. Imediatamente chamaram os bombeiros."

Segundo o interventor da Santa Casa, apesar de antigo, o prédio estava com as manutenções em dia. Porém, de acordo com ele, o local não tinha AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), documento que garante que o edifício segue as normas de segurança contra incêndios.

Comentários

Tops da Gazeta