últimas notícias
Em São Caetano, a prefeitura realizou a testagem de diversas maneiras, como em um sistema drive-thru na Garagem Municipal
Em São Caetano, a prefeitura realizou a testagem de diversas maneiras, como em um sistema drive-thru na Garagem Municipal
Foto: ERIC ROMERO/ PMSCS

Região do ABC já realizou mais de 220 mil testes rápidos contra o coronavírus

A cidade de São Bernardo do Campo lidera o ranking da região com mais de 80 mil testes rápidos realizados; Ribeirão Pires realizou apenas 2.525 testes

A região do ABC Paulista realizou até a última semana 221.487 testes rápidos para detectar o coronavírus (Covid-19). A região que conta com mais de 2,5 milhões de moradores é composta pelas cidades de Diadema, Mauá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. O ABC contabilizava até a tarde desta segunda-feira (10) 1.817 mortes pelo novo vírus, segundo o balanço estadual, que pode ser acessado no site (www.seade.gov.br).

Esse tipo de teste, conhecido como teste rápido, não é preciso para confirmar a presença do vírus, mas avalia se a pessoa possui anticorpos, e portanto já teria tido contato com a doença. Os testes usados para notificação de casos confirmados são os chamados RT-PCR.

São Bernardo do Campo lidera o ranking de testagens na região. A cidade já realizou 84.863 testes rápidos em gestantes, idosos com comorbidades e em familiares de pacientes que apresentaram resultados positivos para o vírus. O município também lidera o balanço no número de mortes, ao todo são 676 óbitos pelo Covid-19.

A cidade de São Caetano do Sul e Santo André realizaram 58.256 e 50.978 testes respectivamente. Juntas, elas somam 573 óbitos. Em São Caetano as testagens foram iniciadas no mês de abril e o município foi o primeiro do Brasil a testar os idosos em massa.

A Prefeitura de São Caetano ainda informou à Gazeta que as testagens são realizadas em bloqueios de trânsito, sistema drive-thru, no Disque Coronavírus, Inquérito Epidemiológico, habitações coletivas e em profissionais que trabalham na linha de frente, como profissionais da saúde e guardas municipais.

Mauá totalizou até a manhã desta segunda-feira (11) cerca de 20 mil testes rápidos. Através de uma nota oficial a reportagem, a Prefeitura antecipou que “iniciaremos, esta semana, o drive-thru de testagem para categorias específicas como motoboys, taxistas, motoristas de aplicativo, além de comerciantes e comerciários. A intenção é que até o final do mês, 40 mil pessoas tenham feito os testes”.

Já as cidades de Diadema e Ribeirão Pires foram as que menos realizaram testes. O município de Diadema realizou 4.865 testes rápidos e contabiliza 267 mortes, enquanto Ribeirão 2.525 testes e registrava 50 óbitos pelo coronavírus.

A cidade de Rio Grande da Serra não divulgou os dados de testagem até o fechamento desta matéria. O município contabilizava 17 óbitos pelo Covid-19.

Comentários

Tops da Gazeta