últimas notícias
O número de casos inclui resultados positivos em exames laboratoriais para Covid-19, tanto do tipo rápido, que verifica apenas a presença de anticorpos
O número de casos inclui resultados positivos em exames laboratoriais para Covid-19, tanto do tipo rápido, que verifica apenas a presença de anticorpos
Foto: Nair Bueno/DL

Prefeitura de Diadema inicia testagem em assintomáticos

Objetivo é testar 13.803 pessoas com mais de 18 anos de idade e que não possuem sintomas da doença; já Santo André vai testar professores da rede estadual

A Prefeitura de Diadema, no ABC Paulista, iniciou um inquérito sorológico para detecção da Covid-19 na cidade. O objetivo é testar 13.803 pessoas com mais de 18 anos de idade e que não possuem sintomas da doença.

O inquérito avaliará o porcentual da população que já teve contato com o vírus e o prazo para coleta dos exames é de 60 dias. Cerca de 60 profissionais das 20 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), entre enfermeiros e técnicos de enfermagem, passaram por treinamento do laboratório HILAB, para ter acesso ao sistema de cadastro e inserção dos testes.

A escolha de pessoas para a realização dos testes está acontecendo mediante sorteio entre as famílias cadastradas nas UBSs. O convite de participação para a iniciativa será entregue no domicílio sorteado e a família deverá escolher um dos membros para realizar o exame.

O profissional de saúde vai colher uma amostra de sangue por punção digital, que será encaminhada para o laboratório. Cada teste leva em média cinco minutos.

Se o paciente testar positivo, ele deverá aguardar o contato da UBS e cumprir o isolamento de 14 dias.

Santo André

A Prefeitura de Santo André começará neste mês um inquérito epidemiológico na rede de ensino. O objetivo é retratar o atual cenário de alunos e professores que tiveram contato com o coronavírus e estão imunizados.

A primeira fase do inquérito testará 5 mil profissionais que atuam na rede municipal de educação de Santo André. A segunda etapa testará estudantes das redes municipal, estadual e privada por meio de amostragem. Os profissionais que atuam nas redes estadual e privada também serão testados por amostragem.

“A importância dessa testagem é para que nós tenhamos um retrato de como está a condição de saúde dessas pessoas e a disseminação da Covid-19. É importante saber como está essa realidade entre os alunos e profissionais de educação da cidade de Santo André para pautar nossas decisões”, disse a secretária de Educação, Gilzane Machi.

O local dos exames será divulgado pela prefeitura.

Comentários

Tops da Gazeta