últimas notícias
Prefeitura Municipal de Embu-Guaçu, na região sudoeste da Grande São Paulo
Prefeitura Municipal de Embu-Guaçu, na região sudoeste da Grande São Paulo
Foto: Reprodução Google Maps

MP faz operação contra fraudes em licitações da Prefeitura de Embu-Guaçu

Segundo o Ministério Público, cinco pessoas foram presas nesta sexta (16). Investigadores apreenderam sete armas e R$ 1,5 milhão em espécie

Na tarde desta sexta-feira (16), o Ministério Público de São Paulo realizou uma nova etapa da operação que apura suspeita de fraudes em licitações da Prefeitura de Embu-Guaçu, na região sudoeste da Grande São Paulo.

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça e pela Vara Única de Embu-Guaçu.

Cinco pessoas foram presas. Os policias apreenderam sete armas de fogo e mais de R$ 1,5 milhão em espécie. A Justiça também determinou o bloqueio de cerca de R$ 2 milhões em bens dos investigados.

Em nota enviada ao “G1”, a Prefeitura de Embu-Guaçu diz que irá prestar esclarecimentos à Justiça. No texto, a gestão municipal ainda alega que "continua trabalhando para a população e obedece e confia na Justiça".

Investigação

De acordo com o Ministério público, uma organização criminosa, formada por secretários municipais e ocupantes de cargos de chefia e assessoramento, fechou acordos com empresários, de modo a direcionar contratos durante processos de licitação.

Em fevereiro, os promotores denunciaram 25 pessoas por crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de capitais e falsidade documental.

Segundo o MP, ao todo, a operação resultou no afastamento de quatro agentes públicos.

 

Comentários

Tops da Gazeta