últimas notícias
Anselmo foi ferido no momento em que o automóvel passou pela avenida Florinda Martins Barbosa, no bairro Cabuçu
Anselmo foi ferido no momento em que o automóvel passou pela avenida Florinda Martins Barbosa, no bairro Cabuçu
Foto: Divulgação

Dirigente do PSOL é baleado durante ato de campanha

Caso foi registrado como lesão corporal e Polícia Civil investiga se Anselmo Pires foi atingido por tiro de airsoft

Na última sexta-feira (20), um dirigente do PSOL foi ferido durante um ato de campanha política em Guarulhos, na Grande São Paulo, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo.

Agora, a Polícia Civil investiga se Anselmo Pires da Silva Neto, de 54 anos, foi baleado no braço por um tiro de airsoft. O ocorrido foi registrado como lesão corporal no 2º Distrito Policial (DP) de Guarulhos.

O dirigente estava em cima de um caminhão de som quando foi atingido perto de seu cotovelo. Ele estava apoiando a candidatura de Elói Pietá (PT) à prefeitura.

Anselmo foi ferido no momento em que o automóvel passou pela avenida Florinda Martins Barbosa, no bairro Cabuçu, por volta das 13h, segundo a polícia.

Identificação

O dirigente disse ao “G1” neste domingo que não conseguiu identificar o suspeito. "Estávamos percorrendo um bairro. E quando íamos parar o carro, eu falava sobre especulação imobiliária e meio ambiente quando eu senti um barulho e um baque, uma pancada no braço. Achei que fosse uma pedra. Aí olhei e começou a arder e queimar. Aí uma pessoa falou que poderia ser tiro de uma arma de pressão", afirmou.

Para Anselmo, o suspeito é alguém que discorda de suas bandeiras políticas. "Eu acho que foi um recado para mim por ser liderança na cidade. Foi um ataque com viés político premeditado. Já sofri ameaças no passado", finalizou ao “G1”.

Comentários

Tops da Gazeta