últimas notícias
No corte geográfico, São Caetano é o município do ABC mais adiantado na vacinação, com 46,3% da população imunizada com a primeira dose e 21,6%, com a segunda
No corte geográfico, São Caetano é o município do ABC mais adiantado na vacinação, com 46,3% da população imunizada com a primeira dose e 21,6%, com a segunda
Foto: Divulgação/PMSCS

Municípios do ABC iniciam vacinação com doses da Astrazeneca

O ABC Paulista recebeu na tarde de terça-feira (26) 30.190 doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico Astrazeneca

O ABC Paulista recebeu na tarde de terça-feira (26) 30.190 doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico Astrazeneca, e ao menos três municípios já deram início à vacinação com o imunizante.

Em Mauá, a agente de endemias Sandra Mara de Sousa Rodrigues, 53 anos, foi a primeira vacinada com a dose da Oxford/AstraZeneca. Sandra trabalha há 11 anos na rede municipal de saúde e é moradora do Jardim Santa Lídia. “Estou muito feliz. Essa vacina foi o presente que recebi pelos 37 anos de meu casamento com o Benildo, completados hoje”, afirmou.

O município recebeu 3.640 doses do imunizante. Segundo a Secretaria de Saúde de Mauá, as doses da CoronaVac estão direcionados a profissionais de urgência e emergência, como hospitais e unidades de saúde, enquanto as doses de Oxford/AstraZeneca serão encaminhadas para profissionais que atuam na rede especializada e vigilância epidemiológica.

RIBEIRÃO PIRES

Adolfina Perez, de 88 anos, enfermeira aposentada, foi a primeira idosa internada em Instituições de Longa Permanência (ILPI) a ser vacinada em Ribeirão Pires. A aplicação da vacina de Oxford, do laboratório AstraZeneca, aconteceu por volta das 15 horas, na Clínica de Repouso Geroclin.

Para o secretário de Saúde de Ribeirão Pires, a vacinação dos idosos que estão em casas de repouso representa o início de uma nova fase. “Hoje demos mais um passo importante para a saúde dos nossos idosos que estão internados nas ILPIs. É esse cuidado humanizado que nos dá a esperança que dias melhores virão. Esperamos, em breve, iniciar também as vacinação de todos os idosos da nossa cidade”, comentou.

Ribeirão Pires recebeu 1240 doses da vacina de Oxford. Com a nova remessa, a cidade pretende concluir a imunização dos profissionais da saúde e iniciar a vacinação de idosos.

SÃO BERNARDO

São Bernardo intensificou, na terça-feira (26), a imunização dos profissionais de saúde com a chegada do 1º lote de 9.110 doses da vacina da Oxford. O novo lote chegou ao município próximo das 10h e, às 17h, a primeira dose foi aplicada no médico psiquiatra do Pronto-Socorro de Saúde Mental 24h, Gutemberg Siqueira, de 36 anos.

“Estou me sentindo aliviado. Tive a doença, que se manifestou de forma moderada. Com a nova cepa do vírus, o medo de pegar novamente é iminente. A imunização nos permite trabalhar mais tranquilos, especialmente aqui no pronto atendimento, em que muitos dos nossos pacientes precisam de uma proximidade maior no cuidado, pela dificuldade do entendimento social e das regras de distanciamento, por exemplo”, declarou o médico.

SÃO CAETANO

A Prefeitura de São Caetano recebeu 3.700 doses de vacina contra covid-19. Somando-se às outras 4.700 da CoronaVac recebidas na última semana, a cidade conseguirá imunizar 75% dos profissionais.

Para receber as doses, os profissionais da Saúde deverão fazer agendamento, pelo site da prefeitura (coronavirus.saocaetanodosul.sp.gov.br), optando por local, data e horário que desejam receber a dose. Os profissionais serão imunizados entre os dias 27 e 29 de janeiro, nas seis Unidades de Saúde que atendem o programa Saúde Hora Extra, entre 8h e 22h.

DIADEMA

A Prefeitura de Diadema recebeu 3.440 doses da vacina de Oxford e 4.480 doses da Coronavac. O município já vacinou 3.154 pessoas até o final da última segunda-feira (25) . No total, são 7.920 de vacinas que foram enviadas para Diadema.

“O número ainda é insuficiente para vacinar o primeiro grupo prioritário, que conta com 17 mil profissionais da saúde em Diadema, entre eles, médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, atendentes, motoristas de ambulâncias, entre outros”, diz nota da prefeitura.

SANTO ANDRÉ

A Prefeitura de Santo André recebeu 8.740 doses da vacina Oxford/AstraZeneca. “Seguimos empenhados em conseguir rapidamente a reposição das doses para vacinar a nossa gente de forma rápida e eficaz. Não vamos medir esforços. A vacina é segura e nos ajudará a salvar milhares de vidas. Até chegar à sua vez, não esqueça: use máscara, mantenha o distanciamento social, evite aglomerações e lave as mãos com frequência”, disse o prefeito Paulo Serra.

Rio Grande da Serra recebeu nesta terça-feira 320 doses do imunizante da Oxford.

Comentários

Tops da Gazeta